Você é livre, por isso mesmo, está dispensada de dar explicações. Quem te conhece e te sente como essa pessoa de luz, acolhedora, amorosa e carinhosa, não precisa que você “diga que não é assim”. Está tudo bem. Não precisa explicar que você precisa dividir o que te angustia, porque “há pessoas prontas” e que pegarão suas dores através de um abraço. Sentirão quando você não estiver nos seus melhores dias (é a força de um olhar doce e sincero).

Elas te encherão de afeto com palavras, ou então te mostrarão o que é “presença” pelo silêncio (isso também é uma demonstração de RESPEITO por você). Pessoas leves que carregam essa dádiva. De amar além da conta, até de uma conta que não é delas. Isso é lindo. Sinta-se abençoada (o) se você tem alguém que te entende pelo olhar (com aquele sorriso de canto de boca). Afinal, essa cumplicidade e intimidade é para poucos seres humanos. Pessoas lindas que te amam mesmo quando você se esquece das próprias virtudes (e te lembram do quão maravilhosa és...).

Quando você tem alguém que dispensa saber suas explicações, tenha cada vez mais por perto. Cultive esse relacionamento. Alguns chamam de amor, outros de amizade. Desista de encontrar definição, porque esse encontro de almas vai muito além do olhar e do afeto envolvido. É uma soma que não tem fim, e que faz a vida valer a pena, e que revigora a vontade de ser feliz.