A extração de DNA é um um procedimento feito por laboratórios regulamentados que são regulamentados pelos órgãos de saúde responsáveis e que fazem uso de vários métodos para que esse teste aconteça. Fazendo uso da extração de DNA pode-se verificar a presença de alguma enfermidade genética ( alteração que fica na raiz do DNA do indivíduo, já nasce com ele); verificar a presença de um gene que está presente em determinado câncer, ou ainda dar apoio em uma pesquisa de evidências forenses. Vários métodos de diagnose de determinados vírus e bactérias utilizam esse processo para obter resultados exatos que falam sobre o paciente em questão.

Para fazer essa extração que é a remoção do ácido desoxirribonucleico, vista popularmente como extração de DNA há alguns métodos que têm esse foco e poderão acontecer por meio de laboratórios clínicos e autorizados.

Entre os métodos mais simples e que são feitos pelos laboratórios que praticam a extração de DNA estão:

-A amostragem do DNA, disponibilizando as células abertas e evidentes, observando o que há interiormente, fazendo uso de uma amostra de DNA e fazendo o experimento por meio de métodos físicos e químicos.

- Juntar matérias-primas detergentes ou surfactantes, que atuam na parte da superfície, para retirar os lipídios.

- Juntar uma protease (enzima que poderia terminar com uma proteína) para a remoção de certas proteínas, desenvolvendo o trabalho de um determinado fermento que digerirá as proteínas.

- Precipitar o DNA por meio de um determinado álcool (que poderia ser o etanol ou o isopropanol).

- fazer uso do método sequencial, em que os genomas desenvolvem um processo sequencial.

Aparecem ainda diversos outros procedimentos, bastante específicos e que poderiam ser feitos por muitos laboratórios. Esses métodos deveriam ser decididos de acordo com a motivação de cada um. Cada espécie de teste de extração de DNA está focado em um nicho e de acordo com qual deles, os laboratórios clínicos procederão a um ou outro processo científico.

Muitas empresas farmacêuticas têm em sua produção conjuntos para a extração de DNA. Cada um tem o foco para um determinado nicho e os laboratórios ao comprarem tais conjuntos devem saber certamente qual dos grupos desejam ser favoráveis. É importantíssimo que tais laboratórios clínicos façam uma pesquisa detalhada das empresas que oferecem o principal material para os exames, porque fica na dependência da alta qualidade do tipo de produto comprado, a correção das respostas dos testes praticados.

Para mais informações, visite: Wako America Latina

Visite também: comprar reagentes