Você recebeu de DEUS um dom irrenunciável. Ser quem você é, do jeito que você é, certamente é tua maior virtude e teu bem mais precioso na vida. Manter isso é teu desafio diário. E isso é lindo. Você tem um dom que às vezes parece ponte, porque você traduz com precisão o que as pessoas estão sentindo, pelo momento que estão passando e dá voz ao que ficou “engasgado” nelas. Dar voz àqueles sentimentos mais íntimos é de uma doçura e capacidade especial mesmo. Você consegue ser especial porque se coloca no lugar mais difícil do mundo: o lugar do outro. Mas teu dom às vezes parece mesmo ser de alavancar, porque você impulsiona as pessoas, joga elas para cima de uma maneira que mesmo fincadas no chão, umas tem horas que estão “enterradas” mesmo em sentimentos sombrios, dores profundas, medos constantes e toques mais delicados da alma. E reerguer pessoas no mundo de hoje assim é algo extremamente raro e precioso. É fagulha de luz divina na veia. É injeção de autoestima, é transferência de amor ao próximo para mostrar que o amor próprio dá jeito no que parece não ter jeito. Não é como o outro te ama, mas como o outro faz você enxergar o amor que há em você. Não deixe as horas pesadas, as nebulosas de pessoas que não entenderam nem o próprio papel que desempenham nesse mundo, não permita com que ninguém cause dúvida no teu coração. Ele é soberano. É terra sagrada e fértil onde floresce vida. Você traz vida à tona nos corações de muitas pessoas, por isso, não desista agora, nem nunca. Siga firme nesse caminho de luz, amor incondicional por ser acolhedor nas palavras e com a consciência em plenitude por saber que está evoluindo muito na medida certa do tempo...