E você, já baixou o APP que te rouba do tempo presente? Sim, aquele APP da modinha entre as pessoas. Parece que se você não envelheceu virtualmente não viveu realmente. A realidade desses dias é isso: ou você participa e se sujeita a entrar em um círculo de adivinhação do futuro, ou então você é soterrado e esquecido. Triste isso. Pior. É deprimente ver pessoas se imaginando em um tempo que nem sabem se estarão lá para contar. Porque a verdade é essa, a vida tem se mostrado um sopro tão grande nesses tempos que antecipar uma velhice que sequer sabemos se chegaremos lá é loucura, é perda de tempo. Declarações eternas de um amor que pode não ser o amor lá na ponta. É isso. Em tempos em que as pessoas ficam postando e tentando viver um presente envelhecido, bom mesmo (sanidade) é colher cada minuto desse instante-já, do agora! É ser feliz nesse momento! Afinal, um tempo que pode nem chegar não devia ter tanto espaço na vida, néh!? Nós que mal conseguimos esquecer o passado, por diversos fatores, mal nos desvencilhamos da soma de tudo aquilo que nos aconteceu na vida e nos fez chegar até aqui e fez a gente ser quem a gente é, nós que lutamos a cada manhã para acordamos e podermos dar conta do hoje tão duro às vezes, nós, sincera e honestamente, deveríamos deixar o destino fazer sua parte e nos conduzir para descobrirmos aos poucos porque estamos aqui mesmo... Vamos desembrulhar esse “presente” sem pensar pelo que vamos trocar, pode ser que não tenhamos nem tempo para voltar à loja das nossas escolhas.