Vigília de Oração na Igreja Local Gera Poder
 
Vigília de Oração na Igreja Local Gera Poder
 


Vigília de Oração na Igreja Local Gera Poder

Quando a Igreja local começa a fazer vigílias de oração, o poder de Deus se manifesta no coração do povo de Deus. No dia 12 de julho de 93, a minha vida e o ministério mergulharam no oceano sobrenatural do Espírito. Centenas e centenas de pessoas começaram a afluir para o vale de intercessão, e a manifestação do Espírito se deu de forma extraordinária. Deus me havia dado a seguinte palavra profética: "Inicia um Vale de Intercessão, pois Eu trarei muitos de longe e os abençoarei pelo meu Espírito. Te usarei como canal de bênçãos para muitos!". De fato, como o Senhor falou, aconteceu, pois, nos quase oito anos em que estive ministrando naquele vale, muitas pessoas foram reveladas, restauradas e curadas pelo poder de Deus. Mais de 1.700 pessoas foram batizadas no Espírito Santo entre os anos de 1993 a 1997. Pastores de todos os pontos da cidade e até da Argentina, Venezuela, S. Paulo e Rio de Janeiro, foram até o nosso "Vale de Intercessão" conferir o que estava acontecendo em nosso meio. Lembro-me de que um Pastor venezuelano pediu a oportunidade para testemunhar. Ele disse, entre lágrimas: "Irmãos! O que eu estou presenciando aqui é algo profundamente sobrenatural. Os dons do Espírito Santo manifestados nesta vigília, não são imitações, mas, sim, verdadeiros. Estou voltando para o meu País impactado com a glória de Deus aqui neste lugar!".
O que ocorreu em nossa Igreja naqueles anos (1993 a 2000) eu chamo de "Avivamento por fogo". Um orvalho sobrenatural do Espírito caiu em nossa comunidade. Multidões afluíram para ver o que estava acontecendo no "Vale de Intercessão"; diversos irmãos vinham de caravana da estrada e do Interior do estado só para buscarem a Unção que Deus estava derramando sobre nós. Houve inúmeras ocasiões em que, antes mesmo de adentrarmos ao "Vale de Intercessão", pessoas caíam sob o impacto do Espírito Santo, outras gritavam de alegria por terem sido curadas pelo poder de Deus (ao escrever estas linhas estou chorando e agradecendo a Deus por tudo que ele fez por meio da minha vida naqueles anos). Lembro-me do caso de uma senhora que, ao chegar à porta de nosso templo, sem que ninguém a tocasse ou orasse por ela, fora curada instantaneamente de um câncer maligno no seu útero. Milagres como este é que renderam uma repercussão tão grande que, em pouco tempo, fiquei conhecido como "o Homem das Vigílias", ou "O pastor do Vale" como me chamam até hoje. Mas o fato é que muitos líderes ficaram preocupados com as minhas vigílias, e outros foram até lá conferir se o fogo era de Coré, ou se era o da Sarça ardente. Dentre esses líderes, houve um que, ao testemunhar as manifestações e as operações dos dons na Igreja, disse para todos os presentes, com a voz trêmula: "Igreja do Senhor Jesus, eu estava aqui como um espião, mas quero dizer para todos vocês que, enquanto estava orando, pedindo a confirmação de Deus, o Espírito Santo, me disse: Não temas, o que está ocorrendo neste lugar é apenas uma gota da Unção que derramarei neste estado e País em breve" (Este episódio o correu no ano de 1995). De fato, aquele período das vigílias foi marcado por um Avivamento acompanhado das manifestações e dos dons sobrenaturais do Espírito Santo. A vigília de oração na Igreja local gera poder!
Os cultos em nossa Igreja (não preciso nem comentar...!), mas vou lhes dizer que as reuniões eram FOGO PURO! Os dons do Espírito Santo se manifestavam de modo extraordinário. A FANEROSIS (manifestação) do Espírito era tão real, devido às operações dos dons, que as Igrejas vizinhas também afluíram para cultuarem conosco. Por várias vezes, tive de pedir a "Quadra de esporte do Colégio Bernadete Trindade da Rocha", para poder realizar as nossas reuniões de poder. Realmente, vigília de oração na Igreja local gera poder e avivamento no meio do povo de Deus!
Às sextas-feiras, nossa Igreja começava a se reunir a partir das 22h30min da noite, e iniciávamos a vigília com uma "oração de pé-de-ouvido" (silenciosa, particular com Deus), isto é, confessando os nossos pecados perante a face de Deus. Em seguida, adorávamos ao Senhor, e eu ministrava, depois da adoração, um estudo substancial da Palavra de Deus. Como não tínhamos, ali, o problema com tempo, o que, normalmente, havia aos domingos, podia fazer o estudo paulatinamente, em até uma hora e meia. É claro que tínhamos uma programação feita previamente. Se não as mais de 400 pessoas não viriam com tanta assiduidade se tivessem que ficar de pé ou sentadas a noite inteira só orando.
Depois do estudo, deslocávamo-nos para um campo de areal ao ar livre (um lugar consagrado pela Igreja só para oração) que ficava a 10 minutos longe do nosso templo. Era nesse lugar chamado "Vale de Intercessão" que passávamos a noite orando por problemas específicos, problemas de nossa Igreja, bem como por nossas próprias necessidades. Após esse período de oração, louvávamos a Deus pelos milagres que ele já estava operando no meio do seu povo, como: batismo no Espírito Santo, curas milagrosas, salvação de vidas e reconciliações. Em seguida ao período de louvor, eu me punha sob a mão Onipotente de Deus e começava a chamar várias pessoas por divina revelação (os dons de revelação se manifestavam em minha vida). Depois cantávamos "hinos de fogo" de novo, e nos preparávamos para ouvir os testemunhos pessoais; aquilo que Deus havia realizado na vida dos membros da igreja. A narrativa dos testemunhos nos levava a louvar novamente a Deus. Antes que nos déssemos conta, o céu já começava a clarear anunciado que eram 5h e estava na hora de agradecer a Deus e voltar para os nossos lares regozijando no Espírito.
O nosso "Vale de intercessão" despertou centenas de igrejas em Manaus a buscarem a Deus em "Vigília de Oração". Hoje, há mais de 800 vigílias, ou "Vales de Intercessão" espalhados na capital do estado do Amazonas! Certo dia, fui convidado para dirigir uma vigília no "hall do Hotel Amazonas", no coração de Manaus, e no final daquela inesquecível vigília, um pastor pôs a sua mão nos meus ombros e disse para todos os que estavam presentes: "As vigílias que hoje existem espalhadas em nossa cidade e bairros, tiveram origem no "Vale de Intercessão" do Pastor Ronaldo Carvalho. Portanto, orem por esse homem de Deus que influenciou muitas igrejas a orarem em Vigília de Oração!". Confesso que, ao ouvir essas palavras da boca daquele pastor respeitado em nossa cidade, fiquei com tremor em todo o meu corpo por uma semana completa. Eu não sabia o que havia contagiado o povo de Deus de minha cidade a orar em vigílias de Oração! De fato, VIGILIA DE ORAÇÃO NA IGREJA LOCAL GERA PODER!
Mas, vigília de oração é algo Bíblico? Responderei a esta pergunta citando três exemplos extraídos das próprias Escrituras:
1) Davi era um homem de oração, e gostava de buscar a face do Senhor em vigílias de oração, o que ele chamava de "vigília da noite" no Salmos 63 (Ver Sl. 63:6; 119:148).
2) Paulo e Silas fizeram uma "vigília de oração" na prisão. Então Deus os ouviu e mandou o livramento, sob a forma de um terremoto (Atos.16: 25,26)
3) O profeta Isaías fez o seguinte vaticínio: "Um cântico haverá entre vós, como na noite em que se celebra uma festa santa; e alegria de coração, como a daquele que vai com flauta, para entrar no monte do SENHOR, à Rocha de Israel" (30:29).
A Igreja local precisa resgatar o hábito de orar nas "vigílias da noite" ou nas "vigílias de oração", pois certamente muitos milagres acontecerão quando o povo de Deus pagar o preço da oração em vigília!
Quero terminar este capítulo com as palavras do Dr. David Y. Cho que é autoridade no assunto:
"Como é que milhares de crentes conseguem passar todas as noites de sexta-feira em oração? Muitas pessoas me fazem essa pergunta em muitas partes do mundo. Se alguns conseguem passar a noite toda numa discoteca, por que os crentes consagrados não podem passar a noite toda orando e adorando a Deus? Tudo depende da prioridade que damos às coisas. Ou vamos encarar seriamente essa questão de avivamento ou não". (Oração A Chave do Avivamento ? pg. 120).

Shalom Uvrachot!
Paz e benções!

Pr. Ronaldo Carvalho,
Bacharel em Teologia pela Faculdade de Teologia e
Ciência da Religião-Fatem ?Am, e Especializado no Hebraico Bíblico.
dialogodepastores@hotmail.com
rbunyan@ig.com.br





 
Avalie este artigo:
(2 de 5)
20 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Ronaldo Carvalho
Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
Ronaldo Carvalho, Pastor da Igreja Batista Beit Lechem em Manaus-Am. Doutor em Teologia Honoris Causa - Bacharel em Teologia com Especialização em Hebraico Bíblico e Grego Koinê. Autor do Livro: Ensinado os Guerreiros de oração. Conferencista e Avivalista (A disposição do Reino). Contato...
Membro desde maio de 2010
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: