VIDA CONJUGAL, UMA GRANDE CONSTRUÇÃO...
 
VIDA CONJUGAL, UMA GRANDE CONSTRUÇÃO...
 


Podemos comparar o casamento a construção de uma casa. O que dá sustentação a qualquer edificação são suas bases, suas colunas, suas vigas. Assim é o casamento, precisa de bases sólidas para continuar em pé. Muitos edifícios desabam dentro de pouco tempo exatamente porque foram construídos sem segurança, sem planejamento adequado e com materiais sem qualidade. Podemos considerar como bases sólidas do casamento:

O amor. É a base fundamental para a manutenção da vida conjugal. Sem amor a convivência se torna um suplício. É necessário que ambos se amem profundamente, pois só assim poderão superar os desafios da vida e construir um futuro harmonioso e feliz. Quem ama perdoa, cuida, sempre deixa por menos as desavenças, têm objetivos em comum, não se porta inconvenientemente, tudo sofre, tudo suporta e tudo crê. I cor. 13:7
- Principal elemento conservador do amor: Carinho.
O carinho é a demonstração meiga, paciente, amorosa, terna e cuidadosa
por alguém .É através do carinho que as pessoas se casam e é o carinho o
termômetro do relacionamento conjugal e familiar.Existem três formas
usuais de carinho;No falar,no olhar e através do contato físico.O homem,
talvez, por sua índole,nem sempre demonstra o carinho que a sua esposa
e filhos gostariam de receber.A mulher,como é mais romântica,se ressente e se entristece quando lhe falta o carinho por parte do marido e doas filhos.
Por isto a Bíblia exige que o homem ame a sua mulher, isto é,que ele seja
"carinhoso" durante toda a vida.Ef.5:25 ? Ecl.9:9
Conceitos errados sobre demonstração de carinho:
. Eu gosto de você...
. Eu dou tudo que você precisa...
. Nós somos adultos e não precisamos dessas coisas...
. Este tempo passou...

A compreensão e respeito mútuo. Evidentemente, homem e mulher só se conhecem em sua totalidade após o matrimônio (pelo menos deveria ser assim).Nem o período de namoro e do noivado são suficientes para que ambos se conheçam profundamente.Porém,nestes períodos ambos têm a oportunidade de se avaliarem,de descobrirem se realmente se amam.Se estão dispostos a viverem um para o outro,respeitando-se mutuamente exercitando em todo o tempo a renuncia pessoal e procurando compreender o outro em todas as circunstancias.( leia logo abaixo a matéria sobre Os temperamentos)

A humildade. A Bíblia nos ensina que diante da honra vai a humildade, Pv.15:38.A humildade é algo que não se aprende na escola,faculdade ou em cursos e palestras.O Senhor Jesus é o melhor professor.Ele mesmo colocou-se a nossa disposição quando disse "Tomai sobre vós o meu jugo,e aprendei de mim,que sou manso e humilde de coração;e encontrarei descanso para as vossas almas" Mt.11:29.O reconhecimento de faltas cometidas e o pedido de perdão são demonstrações de um coração humilde (Hb.12:15 ?Mc.11:25,26) No relacionamento conjugal aprender ceder é fundamental.Evitar todas e quaisquer discussões proporcionam um viver tranqüilo.( Ef.4:31 ? Pv.16:32 - Tg.1:26).

A sinceridade. Uma das coisas mais devastadoras no casamento é a mentira. Aquele que mente engana tanto a si como aos outros. Como instrumento do Diabo, a mentira mina a confiança, desestrutura o relacionamento e propicia abertura para a separação. Quem é feliz ao lado de uma pessoa que não merece confiança? Falar a verdade deve ser uma prioridade entre os casais. Nada de subterfúgios, de segredos. Mentir é fracassar (Zc.8:16). Alcançar a maturidade conjugal através da prática do diálogo franco e sincero é o caminho certo para os ajustes e uma convivência feliz. Usemos as armas da luz. (Rm.13:12).

A renuncia. Aprendemos com os mais antigos que a marcha mais usada na condução do casamento é a marcha "ré".Isto porque,a partir do momento da efetivação do casamento,tanto homem como mulher deverão priorizar um ao outro.A Bíblia nos afirma que os casados cuidam das coisas objetivando agradar um ao outro (I Cor.7:33,34) e no livro de Gênesis afirma que o homem ao se casar deixará a casa paterna para viver com sua esposa.(Gn,2:24) O período de adaptação de alguns casais variam de dois a cinco anos.É uma fase muito difícil,tanto para o homem como para a mulher.É neste período que as pessoas passam a se conhecer realmente.Cada qual com seus hábitos,maus e bons costumes,maneira de ser,etc.,Alguns casamentos já começam mal,na própria noite de núpcias Há homens que aguardam com ansiedade a noite da lua de mel para colocarem em prática certas fantasias, que nem sempre são bem recebidas pela esposa.Outros que na ânsia do prazer sexual não respeitam suas parceiras,dominando-as de forma grosseira,sem carinho e sem paciência.São essas atitudes precipitadas que causam traumas que acompanham muitas mulheres durante toda a vida.

- O período de adaptação:
Ele ? Não poderá comportar-se com os amigos da mesma maneira de
quando. solteiro.
Ela - Não deverá esperar continuar sendo galanteada por outros homens.
Ele - Sentir-se-á freado com o casamento
Ela - Também
Ele - Não demonstrará por muito tempo "tanta" paixão,como antes.
Ela - Estranhará o fato de ter que ser submissa ao marido.
Ele - Por despreparo e imprudência poderá causar-lhe algum trauma
na área sexual.
Ela - Sofrerá mais com a ausência de sua família.
Ele - Sentira o "peso" da responsabilidade de ser o líder,provedor,
sacerdote e responsável pela família.
Ela - Estranhará e quererá esquivar-se das responsabilidades de
dona de casa.(lavar roupas,passar,cozinhar,limpar casa,etc)

Detalhes importantes para o casal:
. Procurar agradar o outro...
. Priorizar o outro...
. Ter coração perdoador...
. Ambos precisam entender que a vida conjugal é uma nova vida "cheia"
de surpresas...boas e más.
. Renunciar não significa "deixar de viver" , "anular-se", "perder a iden-
tidade"
 
Avalie este artigo:
4 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Valdemir Campos Rocha
Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
Sou pastor auxiliar da Igreja Assembléia de Deus - Min.de Perus em SP - .Escritor e conferencista nas áreas de Ministérios,Familia e juventude.Formado em Teologia pela EETAD - Escola de Educação Teologica das Assembléia de Deus e Instituto Teologico Pentecostal Renascer -Sp . fundador e Diretor do ...
Membro desde maio de 2009
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: