Uma Lição de Liderança!
 
Uma Lição de Liderança!
 


Há um desejo comum, que permeia entre profissionais de todas as áreas, inclusive os da educação: ser líder. Muitas pessoas buscam orientações, para saber como desenvolver habilidades que os tornarão um líder de sucesso. Para simplificar o assunto não me estenderei sobre densos conceitos teóricos, falarei apenas de uma, das inúmeras habilidades de um líder, que consiste na busca pela excelência. E, para isso, me reportarei a um clássico infantil que nos possibilita uma reflexão sobre excelência e liderança.

O líder busca a excelência em tudo que faz. Ele procura fazer todas as atividades que lhe são confiadas da melhor forma possível, independente desta parecer simplista ou não, aos olhos de outros. Pode ser uma dona de casa que busca receitas diferenciadas para inovar no almoço, um executivo que passa horas fazendo um relatório ou um professor que busca ministrar a melhor aula.

Para facilitar a compreensão recorremos à história dos três porquinhos. Nessa história existem três irmãos, inferimos que foram criados pelo mesmo pai e pela mesma mãe, sendo expostos aos mesmos modelos de educação, mas como acontece também na realidade, cada um teve uma reação a esta criação e formou uma personalidade diferente, sendo assim, os irmãos eram totalmente distintos um do outro. Em certa época de suas vidas surgiu um problema, no qual eles deveriam se empenhar para resolver. O problema era: construir uma casa para se proteger da chuva, do vento... Enfim das intempéries da natureza e principalmente, para se proteger do lobo mal, que na vida real representa concorrência do mercado e a competitividade do mundo capitalista.

Cada irmão resolveu o problema de acordo com suas características pessoais e sua visão de mundo. Cada um acarretou também conseqüências das quais deveriam se responsabilizar.

O mais novo, muito preguiçoso, não quis se esforçar o bastante, só fez a casa por causa da pressão do meio em que vivia e acabou construindo uma casa de palha, sem estrutura, sem planejamento e sem o devido esforço e dedicação de sua parte, achando ainda que estava fazendo demais. E quem não reconhece no seu local de serviço pessoas que funcionam nos moldes do famoso personagem?

O irmão do meio, não queria se esforçar demais, mas também não queria ser considerado o pior. Então, construiu uma casa de madeira. Ele representa aquela pessoa mediana, que não quer ser o pior, mas também não faz o melhor que pode ser feito.

O irmão mais velho esforçou-se e buscou a excelência. Além de orientar seus irmãos e tentar convencê-los de construir uma casa melhor, buscou ser o exemplo para eles. Construiu sua casa com uma base firme, de tijolos e concreto.

Quando o terrível lobo apareceu na história ele destruiu a casa de palha e a de madeira, pois o que não é construído sobre uma forte base, cede nas primeiras dificuldades. Os dois irmãos, desesperados, procuraram pelo mais velho, que em um ato de humildade, sabedoria e amor os acolheu em sua casa. Este simboliza aquele profissional que busca a excelência em tudo que faz, porém não é arrogante, pelo contrário ajuda e acolhe. Se pudermos compreender a profundidade desta lição e aprender com o exemplo deste personagem, com certeza teremos mais sucesso pessoal e profissional.
 
Avalie este artigo:
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Glacy Calassa
Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
Psicóloga escolar, Psicológa Clinica/Terapeuta Cognitiva e Diretora do Instituto Aplicado de Psicologia e Educação. Com experiência nas áreas: Psicologia Escolar (Desenvolvimento de Projetos, Palestras e consultoria), Inclusão Escolar, Psicologia Clínica (Atendimento a crianças, adolescentes e adult...
Membro desde abril de 2009
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: