Texto: "A fé e o conhecimento"
 
Texto: "A fé e o conhecimento"
 


A Fé e o Conhecimento Desde o começo dos tempos vamos encontrar no homem vários sentimentos e questionamentos sobre a sua origem, amor, amizade, atração por algo exterior a si mesmo, dúvidas, curiosidades, e uma busca incessante de resposta seja ela social, científica ou religiosa, na qual algumas delas nunca foram e nem serão reveladas, trazendo inquietude e frustração por falta de retorno. Por esse motivo se deu o surgimento de "Mitos", que era uma forma de acalmar o ser humano com um tipo de solução para seus questionamentos sobre mundo, Deus e a sua própria existência.
Geralmente acreditamos e confiamos nos conhecimentos adquiridos por outras pessoas, onde através da fé em "latim fides, fidelidade", temos a firme opinião de que algo é verdade, sem ao menos obter nenhum tipo de provas e critérios objetivos de verificação. Aceitamos a hipótese sem questionar e sem duvidar de tal conceito, nos abdicamos de qualquer questionamento racional ou lógico.
Assim como a fé o conhecimento também defende uma verdade, mas não necessariamente uma concordará com a outra, na maioria das vezes são idéias até contraditórias. Segundo a Bíblia "A fé é a certeza das coisas que se esperam, e a prova das coisas que existem e não podemos ver" (Hebreus 11:01), já o conhecimento é baseado em estudos e experiências práticas estabelecidas diante do que vemos e constatamos, é algo sólido, lógico e científico.
Partindo desse ponto, podemos afirmar que jogamos a fé contra o conhecimento e o conhecimento contra a fé, ou seria possível uma completar a outra? Muitas vezes a fé explica e a razão contradiz, principalmente no campo religioso que é o mais polêmico entre outros. Onde são construídos conceitos baseado no abstrato, no amor, no sentimento, na esperança que o homem e o mundo possam alcançar a perfeição e tentam responder a muitas questões sobre vida e morte que ninguém respondeu cientificamente.
Dessa forma quanto mais buscamos a razão e entendimento das coisas, mais sofremos com nossas perturbações, tudo que ouvimos, aprendemos e cremos até o momento é colocada em debate, a ilusão é quebrada e quanto mais adquirimos conhecimento mais matamos a nossa fé, pois é retirado do nosso rosto o véu da ignorância, que não nos deixa enxergar a verdade real que muitas vezes machuca, é arrancada de nós tudo que aprendemos amar e respeitar. "Quanto menos inteligente um homem é, menos misteriosa lhe parece a existência" (Arthur Schopenhauer). Sendo assim, para o homem na maioria das vezes basta crer, pois só a fé traz harmonia ao mundo interior das pessoas.
(Juliana Almeida Martins)

 
Download do artigo
Avalie este artigo:
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Juliana Almeida Martins
Talvez você goste destes artigos também