Teste de Gravidez
 
Teste de Gravidez
 


A menstruação atrasou e surgiu a dúvida: será que estou grávida? Quais são as opções para confirmar definitivamente a gestação? Aprenda agora o que você precisa saber sobre os testes de gravidez!

Com muita frequência a primeira opção é o tradicional teste de farmácia, pela sua rapidez, ampla disponibilidade e discrição. A base do teste é a detecção do beta-HCG na urina, um hormônio produzido pela placenta durante a gestação. Os testes sanguíneos de gravidez precisam ser solicitados por um médico e funcionam da mesma maneira que os de urina, detectando a presença do beta-HCG. Eles apresentam sensibilidade maior que os testes de farmácia, pois conseguem detectar quantidades menores do hormônio da gravidez.

Além dos testes laboratoriais, existe a possibilidade de se diagnosticar a gravidez pela ultrassonografia. Entretanto a ultrassonografia tem menor sensibilidade (é um teste pior) pelos seguintes motivos:

Em primeiro lugar, para que os sinais de gestação fiquem claros ao ultrassom você precisa estar grávida de 5 ou 6 semanas. No ultrassom transvaginal só vemos o saco gestacional (primeiro sinal de gravidez) com cerca de 5 semanas. No ultrassom realizado por via abdominal é um pouco mais demorado, os primeiros sinais de gestação só aparecem com cerca de 6 semanas. Por um outro lado, o beta-HCG poderá ficar positivo logo nos primeiros dias de atraso menstrual! Abaixo listamos algumas das dúvidas mais comuns a respeito da confirmação da gravidez.

Em segundo lugar, quando o ultrassom é realizado de maneira muito precoce, sem a realização de um teste sangíneo prévio, a não visualização do saco gestacional poderá levantar a suspeita de uma gravidez ectópica (fora do útero).

Portanto, não tenha pressa. Se você acha que está grávida converse com seu médico ginecologista/obstetra e pergunte qual exame e quando deverá realizá-lo. Abaixo tentamos esclarecer algumas dúvidas comuns.

O teste de farmácia pode dar errado?

Os testes urinários disponíveis atualmente no mercado apresentam grande acurácia para o diagnóstico de gestação, com sensibilidade de aproximadamente 97 a 99,5%. A ocorrência de falsos positivos (quando o exame dá positivo e a mulher não está realmente grávida) é muito pequena para esse tipo de exame. Portanto, se você fez o teste e deu positivo, a chance de não estar grávida é mínima. Algumas condições podem predispor a falso-positivo no teste de farmácia, como por exemplo um aborto recente, a presença grande quantidade de sangue ou infecção na urina e o uso de medicações contendo hormônios semelhantes ao HCG, como alguns usados em tratamentos de fertilidade.

Os falsos-negativos (quando o exame dá negativo e a mulher está grávida) acontecem principalmente em fases muito iniciais da gestação, quando os níveis do hormônio beta-HCG podem estar baixos e não são detectados pelo teste. Outro motivo para um falso-negativo é a urina diluída, portanto evite tomar muita água nas horas que precedem a realização do teste.

A partir de quando posso fazer o teste de farmácia?

Em condições normais, o teste de farmácia deverá ser positivo desde o primeiro dia de atraso menstrual, mas se você conseguir esperar, o ideal é realizá-lo a partir do quinto dia de atraso. Alguns testes podem dar positivo antes do primeiro dia de atraso, mas a sensibilidade na detecção da gravidez melhora a medida que o atraso menstrual aumenta. Se o teste foi negativo e persiste a suspeita de gestação, você pode repetí-lo após 1 semana, pois nesse período a taxa de hormônios pode aumentar e ser detectada na urina. A maioria dos testes disponíveis no mercado brasileiro pode ser feita com a urina de qualquer horário do dia, no entanto, a primeira urina da manhã apresenta melhores resultados, pois é menos diluída e a concentração do beta-HCG fica maior.

Como saber o resultado do teste?

Tenha muita atenção na hora de interpretar o resultado do teste: sempre leia a bula com as instruções antes de começar. Observe rigorosamente o tempo para leitura do resultado. Muitos erros do teste da gravidez são na verdade erros na observação do resultado. Grande parte dos testes disponíveis oferecem o resultado na forma de duas listras verticais. Se aparecer apenas uma listra, o teste foi negativo. Duas listras: teste positivo. Nenhuma listra: provavelmente o teste não funcionou e deve ser repetido. Em alguns casos, durante o tempo correto de leitura do teste, a segunda listra pode ficar mais clara que a primeira, gerando dúvida sobre a positividade do teste. Nesse caso, o teste é geralmente positivo, e a linha ficou provavelmente mais clara pois a quantidade de hormônio ainda não é muito grande. Nesse caso, o ideal é procurar um ginecologista para confirmar o resultado com um teste sanguíneo.

Teste de Gravidez Negativo e Positivo.

Atenção: nunca faça a leitura do teste depois do tempo orientado na bula. O aparecimento de uma segunda listra depois do tempo de leitura pode acontecer em alguns casos por evaporação da urina seca na fita.

Como funciona o teste sanguíneo de gravidez?

O teste no sangue segue o mesmo princípio do teste urinário, mas apresenta maior confiabilidade pois os níveis de beta-HCG são maiores na corrente sanguínea e podem aparecer mais cedo do que no teste de urina. Além disso, o teste de gravidez no sangue pode determinar a quantidade do hormônio da gravidez e não apenas dizer se está positivo ou negativo. Essa avaliação quantitativa pode ser uma informação útil para o médico pois um valor muito baixo indica que a gestação ainda está muito no início e seu médico pode querer aguardar alguns dias antes de fazer uma ultrassonografia pois, como foi citado anteriormente, o beta-HCG fica positivo um pouco antes da gestação poder ser identificada no ultrassom.

Posso fazer ultrassom para saber se estou grávida?

O ultrassom pode confirmar a gestação, no entanto para a avaliação inicial, o ideal são os testes laboratoriais que detectam os hormônios da gravidez. O que confirma uma gestação ao ultrassom é a presença de um saco gestacional (pequena bolsa contendo líquido que abriga o bebê) e mais adiante a observação do embrião com batimentos cardíacos presentes. Os testes laboratoriais de gravidez apresentam-se positivos antes desses elementos serem visíveis ao ultrassom. Isso acontece pois seu aparecimento na ultrassonografia segue uma cronologia bem definida. O saco gestacional aparece por volta de 5 semanas depois da última menstruação, o que corresponde aproximadamente a 7 a 10 dias de atraso menstrual. Uma semana depois aparece o embrião, por volta de seis semanas da ultima menstruação. Mais alguns dias e aparecem os batimentos cardíacos do embrião, confirmando, finalmente, que a gravidez é viável.

É comum mulheres fazerem a ultrassonografia com uma ou duas semanas de atraso menstrual e não haver sinal confirmatório de gestação. Nesse caso, deve-se repetir a ultrassonografia 7 a 10 dias depois para reavaliar se não apareceram as imagens do saco gestacional e do embrião. Isso pode acontecer porque em uma de cada três mulheres, o tempo de atraso menstrual não corresponde ao tempo exato da gravidez. Muitas vezes, a data da ovulação pode não corresponder exatamente com os cálculos do ciclo menstrual habitual, especialmente em mulheres com ciclos menstruais irregulares.

Como saber de quanto tempo estou grávida?

A melhora maneira de determinar o tempo exato de gravidez é a ultrassonografia obstétrica. Durante o exame, o médico irá avaliar se o tempo de gravidez calculado pela menstruação está compatível com o crescimento do embrião ao ultrassom. Muitos testes de gravidez no sangue quantitativos (beta-HCG quantitativo) vem com uma tabela que indica a provável idade gestacional de acordo com a quantidade do hormônio detectada no sangue. Não se preocupe se o resultado não estiver batendo com as suas contas, pois isso é muito comum. O cálculo definitivo será feito pelo ultrassom e seu ginecologista irá explicar qual a data a ser seguida.

Fiz vários testes de farmácia negativos, mas continuo sem menstruar. O que está acontecendo?

Há vários motivos para a amenorréia (parada da menstruação), além de gravidez. Eles podem variar de distúrbios hormonais de várias origens até alterações do peso corporal. Portanto, o ideal é procurar um ginecologista para avaliar todas as possibilidades no seu caso e fazer os exames que forem necessários para esclarecer a causa.

O que fazer se os testes forem positivos?

Procure logo um ginecologista, para que ele possa solicitar os demais exames que confirmam a gestação, tais como o teste sanguíneo e a ultrassonografia obstétrica. Além disso, comece a tomar cuidados especiais com sua saúde, tais como evitar uso de medicações sem a orientação do médico, evitar exercício físicos muito intensos, parar de fumar, entre outras atitudes. Boa sorte!
 
Avalie este artigo:
(4 de 5)
16 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
Dra. Karen Cristine Abrão é Ginecologista e Obstetra, doutora pela Faculdade de Medicina da USP e professora da Universidade Anhembi Morumbi. Atua em seu consultório na Avenida Angélica, 1761, cj 54 - Higienópolis - São Paulo (11) 3661-9132 / 3661-4398 Veja mais artigos sobre saúde ...
Membro desde agosto de 2009
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: