Resumo artigo Nereide Saviani: Saber Escolar, Currículo e Didática: problemas da unidade conteú...
 
Resumo artigo Nereide Saviani: Saber Escolar, Currículo e Didática: problemas da unidade conteúdo/método no processo pedagógico.
 


SAVIANI, Nereide. A Conversão do saber científico em Saber escolar. In: Saber Escolar, Currículo e Didática: problemas da unidade conteúdo/método no processo pedagógico. 4ª ed. Campinas-SP: Autores Associados, 2003. (Coleção educação contemporânea).

A conversão do saber cientifico em saber escolar é iniciada através da constituição das disciplinas escolares, que são de competência da educação escolar. Astolfi e Develay,são dois autores que estudam sobre questões epistemológicas, psicológicas e pedagógicas, eles afirmam que a didática deve superar o doutrinarismo, quando ela usaria os conteúdos do ensino como objetos de estudo. Na reflexão epistemológica os autores defendem um "exame da estrutura do saber ensinado" que se constitui epistemologicamente nos principais conceitos de uma dada disciplina, assim, o pensamento cientifico é constituído por rupturas, ou seja seriam rompidas algumas etapas, levando ao desenvolvimento do saber cientifico.
A reflexão epistemológica interessa a didática pelas funções que coloca sobre a função do ensino cientifico e também pelas conseqüências didáticas que podem ser tiradas da própria didática. Os conceitos epistemológicos que interessam à didática são: noção de fato; noção de obstáculo epistemológico e conceitos científicos, leis e teorias. Noções de transposição didática e saber escolar, que atentam para a importância da formação dos professores, confirmam que para saber trabalhar baseados numa reflexão epistemológica deve considerar alguns aspectos que são: ensinar ou ajudar a aluno na apropriação do saber; domínio dos conteúdos, instrumentos e habilidades que facilitem a aprendizagem.
Aos alunos é importante uma concepção cientifica de mundo, a importância do conhecimento cientifico no plano de estudo são essenciais para o processo de elaboração e apropriação do saber. Existe também o conhecimento científico-teórico, que é considerado superior, pelo conhecimento espontâneo e também o pensamento empírico.
Com ênfase no entendimento às exigências do homem contemporâneo, o ensino das ciências não se restringe à transmissão dos resultados das investigações científicas ou das informações, fatos, conceitos, leis, etc. dos distintos ramos das disciplinas cientificas. Leva a busca independente das informações, seja ela criatividade criadora para prática social e novos conhecimentos para o pensamento científico. Para isso é necessário um planejamento escolar, as regularidades do processo de formação onde possa intervir na idade certa do educando e desenvolvimento pedagógico das ciências de referência e no seu método, com isso é importante que o educando, se familiarize com o sistema de ciências, com seus conceitos e leis fundamentais. Com a formação do homem contemporâneo, a escola deve estruturar-se para ajudar os alunos, desde logo, a superar os conceitos espontâneos pelos científicos. É necessário a aproximação das disciplinas escolares e as ciências de referencia (investigação e exposição), isso reflete na relação ensino-aprendizagem. É necessário que aja uma organização do material de estudo, ou a estruturação das disciplinas escolares, com conteúdo e procedimento.
Os métodos de investigação e de exposição não devem ser vistos de forma estanque, mas como elementos de um mesmo processo, o da produção do conhecimento cientifico. E não pode ignorar, que a apropriação do conhecimento só é possível quando se garante aos estudantes o desenvolvimento de sua própria atividade. O ensino, portanto, ao estruturar o conteúdo das ciências segundo o método de sua exposição, deve também dotar o aluno do método do estudo desse conteúdo, trata-se de um processo diferente, a realização da investigação pelo cientista dá-se com o fim de obtenção de dados ainda não disponível; o aluno ao contrario, parte já do "trabalho cientifico efetuado com anterioridade", de uma exposição sobre cuja base ele começa a assimilar os conhecimentos já sistematizados. A extruturaçao das disciplinas escolares se da no entrelaçamento das disciplinas em cada serie do curso e dosando o conteúdo, a quantidade, a disposição, distribuição metodologia e organização, para assim se conseguir elaborar o "plano de estudos".
Com o estudo desse artigo, observamos a importância que o "plano de estudos" tem no conhecimento cientifico do aluno, e como a conversão desse saber para o conhecimento escolar é complexa, pois a comparação que é feita do saber escolar com os cientistas mostra que somente com pesquisa, investigação e exposição, se chegam ao verdadeiro conhecimento, e que esse conhecimento não acontece de forma organizada e sim através de rupturas, como afirma Astolfi e Develay.
Toda essa informação é base para a organização das disciplinas escolares e a forma como serão selecionadas e repassadas aos alunos, transforma a escola em um lugar onde a ciência é base para os acontecimento sociais e psicológicos, porém para que isso aconteça os professores que são agentes de transformação precisam de preparação, conhecimento e vontade, para orientar e ajudar os alunos nesse conhecimento da realidade cientifica.
O artigo serve para as universidades que promovem o curso de pedagogia, profissionais da educação e responsáveis, devem ter conhecimento desse artigo, pois a formação de futuros pedagogos, deve ser completa e de qualidade, os profissionais que já estão em atuação precisam por em pratica aquilo que lhes foi apresentado, esse conhecimento em torno de questões epistemológicas para a formação do plano de estudos é imprescindível para se conseguir resultados positivos na captação do ensino.


Deise Santana da Luz
Graziela Gomes Calais
Silvana Viana de Souza Silva
Acadêmicas do curso de Pedagogia 4º período da Unir-Campus de Ariquemes.


 
Avalie este artigo:
1 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Deise Santana Da Luz
Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
Graduanda do 5º período em pedagogia na Unir-UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDONIA
Membro desde junho de 2011
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: