O livro Escola Cidadã, consituiu-se, inicialmente, em “prova pública oral de erudição”, que Moacir Gadotti prestou, em 1991, para titular da disciplina de “organização do trabalho na escola”, da Faculdade de Educação da USP – Universidade de São Paulo.

              A obra é composta 15 capítulos, distribuídos em duas partes, respectivamente.

              A primeira parte, intitulada “Escola cidadã: primeiras ideias”, contém 9 capítulos e trata, basicamente, da autonomia da educação e sua relação com outros assuntos, tais como a natureza da educação, a autogestão, a educação brasileira, as recentes reformas educacionais europeias, a participação e o conselho de escola, a administração pública e a escola cidadã, entre outros.

             A segunda parte, que foi acrescentada ao livro somente em 2006, 15 anos após a elaboração do original, em 1991, contém 6 capítulos finais. Segundo o próprio Gadotti, a 2ª parte buscou relatar o percurso do livro, até então, e a repercussão do conceito “Escola Cidadã”...

Revisado por Editor do Webartigos.com