Resenha do filme: Mentes Perigosas
 
Resenha do filme: Mentes Perigosas
 


O filme conta a história de uma professora, Louanne Johnson, que deixa a carreira militar de fuzileira naval e entra em uma escola para lecionar sem saber as dificuldades que encontraria para esta tarefa, pois seus alunos eram de certa forma revoltados com a vida que levavam, pelas suas condições sociais, éticas e morais; mais eram inteligentes, porém desmotivados e conseqüentemente não queriam nada além da anarquia e do desrespeito, e intimidavam todo o professor que tentasse se aproximar. Em razão disso seu método de ensino não deu certo mas ela não iria desistir passou a contextualizar e a trabalhar com eles através de suas realidades, isto é, começou a conhecer as pluralidades culturais de seus alunos, e a trabalhar a interdisciplinaridade, formando assim estratégias de ensino, umas sensatas e outras nem tanto. Para chamar a atenção de seus alunos à professora começou a ensinar artes marciais para os alunos e começou a tratar da morte em seus poemas, por ser um tema presente no cotidiano daqueles alunos, assim ela conseguiu assim vencer a resistência inicial, mais ainda não era o suficiente, então ele começou a dar recompensas para as atividades feitas em sala de aula, como dar chocolate a quem acertasse a questão e pagar jantar, até que eles entendessem que aprender já era a recompensa. Mais seus métodos de ensino não condiziam com os da escola em que lecionava, então ela teve grandes problemas com o corpo docente da escola. Johnson por se preocupar em conhecer cada um de seus alunos, seu meio social, cultural; acabou por ter o respeito de seus alunos e uma ótima relação professor/aluno. Até que um de seus alunos é morto por um inimigo, isso faz a professora decidir desistir de continuar na escola, mais é aí que ela é surpreendida seus próprios alunos não permitiram que ela desistisse, falaram que estavam disposto a lutar para não perdê-la como professora. Ela tinha lutado por cada um deles em seus problemas e dificuldades, e que ela os tinha ensinado a nunca desistir de seus sonhos, de lutar sempre para alcançá-los.
 
Avalie este artigo:
(4 de 5)
76 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Talvez você goste destes artigos também