Qual é a função do gesso na agricultura?

Esse pequeno texto pretende expor qual a razão primária para se utilizar gesso em solos agrícolas.

O gesso (CaSO4) tem como função primordial baixar a toxidez de um elemento muito presente em solos tropicais, o alumínio (Al3+). Após o agricultor receber o resultado da análise de solo da camada de 20 a 40 cm de profundidade do solo, caso seja detectada alta disponibilidade desse elemento, deve-se proceder realizando a gessagem, ou seja, a aplicação de gesso.

Para se ter idéia do que ocorre na aplicação do gesso, quando este reage com a água, o cálcio (Ca2+) separa-se do sulfato (SO42-). Este último, reage com o alumínio, neutralizando-o.

Com a toxidez de alumínio, as plantas não conseguem desenvolver amplamente o sistema radicular. Como conseqüência, pelo fato de terem raízes que exploram pouco o solo, as plantas estão altamente suscetíveis a sofrerem stress hídrico. Em outras palavras, elas sentem muito períodos de baixa disponibilidade de água. Nessa mesma linha de pensamento, elas também tem menos acesso a nutrientes. Como resultado, há baixa produtividade.

Solos que tem a toxidez por alumínio controlada por meio da gessagem apresentam plantas com sistema radicular profundo que, por seu turno, diminuem as chances das plantas sentirem stress de água. O gesso aplicado atua aumentando a disponibilidade de nutrientes na subsuperfície do solo, pois tanto o cálcio quanto o sulfato são nutrientes fundamentais para o crescimento e desenvolvimento das plantas.

Preparado a partir de:

GESSO condiciona solos agrícolas. Revista Campo & Negócios. São Paulo, v.65, p.16-18, julho, 2008.

Revisado por Editor do Webartigos.com