PROPOSTA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL
 
PROPOSTA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL
 


PROPOSTA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL
Suely Hase

O presente texto compõe-se de uma proposta de Avaliação Institucional. A Avaliação Institucional tem como objetivo divulgar resultados objetivados numa Instituição Escolar em relação a sua eficácia social, que se entende como atendimento à demanda da sociedade em sua função de ensinar, assim como sua estrutura funcional, se está adequadamente equipada material e fisicamente. A avaliação Institucional pode ser usada com um propósito mais abrangente ou focar um determinado setor restrito.
A avaliação Institucional mostra a qualidade dos elementos de ensino através de seus professores e dos resultados das competências do aluno. Avaliar é estar acompanhando o processo das estruturas escolares materiais humanos, físicos e sociais.
Para se julgar tem que haver um pré-conceito de qualidade e de objetivos a serem alcançados. Temos que ter em meta questionamentos que demonstrem caminhos a serem trilhados e julgados.
Como parâmetros, devemos saber o que avaliar:
1- Ao se avaliar a questão do ensino e aprendizagem iremos verificar se os alunos compreenderam e aprenderam os conteúdos selecionados (que fazem parte do currículo escolar); as competências e habilidades. Neste processo entra o professor e o aluno;
2- Ao se avaliar a Instituição Escolar em relação a sua estrutura, devemos colher dados referentes aos ambientes educacionais e seus materiais de apoio, tanto material como humano e seus gestores;
3- Os dados coletados deverão ser sistematizados e comparados às metas e objetivos constantes no Planejamento e no Projeto Político Pedagógico para verificação se formam atingidos.
A Avaliação Institucional que faz parte do Planejamento, que por seu lado deverá ser flexível e servirá de parâmetros para comparar, assim como para novas tomadas de decisões na busca de se atingir os objetivos.
Se depois de avaliada a Instituição, o seu resultado não servir para transformações e busca de melhorias, ela não justificará sua aplicação.
Todos os elementos existentes numa escola como: a estrutura física, o meio ambiente, os materiais pedagógicos, os gestores, coordenadores, professores, secretaria, serventes e supervisores têm uma única função: o de contribuir para o processo ensinoaprendizagem. Dessa forma podemos concluir que, o professor e o aluno são os elementos mais importantes numa Instituição Escolar.
Todos esses elementos são avaliados com um único propósito, que é o de que aconteça de modo satisfatório o processo de ensino e aprendizagem.
A avaliação institucional pode ser interna ou externa. Interna quando é feita pela própria escola e Externa quando são advinda de órgãos externos como os mantenedores ou Institutos Educacionais de análise científica. De acordo com Sens e Vanin (2009, p. 79-80):

Os avaliadores da avaliação interna, composto pelas pessoas que estão no cotidiano da escola, devem levar em consideração seis importantes setores da escola, são eles: das séries, da disciplina, do desempenho docente, do aluno, do pessoal técnico-administrativo e da gestão escolar (AVALIAÇÃO, 2009. Grifo dos autores).

Embasado no texto anterior nossa Proposta de Avaliação Institucional visa um setor restrito da Instituição Escolar, a formação do Corpo Docente:

1° MOMENTO: Nosso objetivo será o de avaliar a Formação Acadêmica do Corpo Docente. da Instituição X. A avaliação será investigativa, feita através de um questionário que vise levantar os dados referentes às suas formações. Os questionários serão distribuídos durante o Horário Pedagógico de Trabalho Coletivo e deverão ser entregues na semana seguinte. Além das perguntas pontuais serão feitas algumas perguntas com respostas subjetivas sobre conceitos educacionais.
Dimensão Pedagógica
Corpo Docente

Categorias de Análise
1. Grau da formação
2. Quantidade de Títulos
3. Cursos de extensão/ especialização Aspectos
1. Linha metodológica
2. Grau de conhecimento
3. Condições de trabalho
4. Grau de envolvimento com a educação continuada
5. Pretensões

2° MOMENTO: A Avaliação atingirá 20 professores do Ciclo II do Ensino Fundamental e 8 professores do Ensino Médio de todas as disciplinas constantes do currículo escolar. O questionário levantará dados sobre:
Qual sua formação inicial? Em que Instituição concluiu o Curso? Por que escolheu a Educação como profissão? Por que escolheu esta área de ensino? Quantos cursos fizeram após a graduação? O que acha da educação continuada? Qual a importância de acompanhar a evolução da sociedade? Quantos livros lêem por semana? Com que freqüência revê seu Plano de Ensino? Que tipo de leitura faz? Qual a importância do conhecimento? Dentre outras.

3° MOMENTO: O grupo de trabalho passará a organização, sistematização da coleta dos dados e registro dos mesmos. Fazer análise e comparação do grau de formação com o resultado da prática educativa. Verificar com que freqüência se atualiza e a importância de dá para a formação continuada. Montar um gráfico com as respostas e trabalhá-lo nas HTPCs de forma a mostrar os resultados sem identificar o professor pesquisado. Fazer análise comparativa do grau de formação em relação à quantidade e qualidade. Aproveitar o resultado para novas intervenções.

RESULTADO FINAL: Após a verificação da formação do corpo docente se for percebido que está havendo necessidade de novos cursos, o GP mediará junto a Direção da escola, Conselho de Escola, Diretorias e Secretarias de Ensino de forma a proporcionar cursos de capacitação ou atualização. Trabalhar as necessidades como tema nas HTPCs; renovar a biblioteca do professor; convidar professores com maiores conhecimentos para proferir palestras; solicitar apoio às Diretorias de Ensino para visitas mais freqüentes dos Professores Coordenadores das Oficinas Pedagógicas.
Os dados adquiridos deverão fazer parte do Projeto Político Pedagógico das Escolas, junto às futuras intervenções.

...A avaliação Institucional possibilita avaliar a factibilidade das projeções do planejamento institucional com base nas ações praticadas anteriormente. Executar mudanças imediatas de estratégias e ajustes de metas, à medida que a avaliação indica a necessidade. Planejar e executar as mudanças e fazer o acompanhamento das mesmas para a sua melhoria visando atingir a uma determinada situação futura desejada. A Avaliação Institucional incide sobre a missão, o programa estratégico e as políticas institucionais, numa perspectiva global da instituição. (SENS E VANIN, 2009, p. 87):

BIBLIOGRAFIA

SENS, Aracy Santos e VANIN, Rita de Cássia Santos. Planejamento Institucional. Centro Universitário Leonardo da Vinci. Indaial: Grupo UNIASSELVI, 2009.
 
Avalie este artigo:
3 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Suely Hase
Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
Brasileira, moradora em Juquiá, SP. Supervisora de Ensino e professora universitária da Uniasselvi. Primeira formação em Desenho e Artes Plásticas pela Faculdade Santa Marcelina, São Paulo, Capital. Segunda formação em Administração Escolar pela Scelisul, Registro, SP. Pós-graduada em Gestão Escolar...
Membro desde maio de 2010
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: