Altina Costa Magalhães

A Educação é um processo que leva o indivíduo a compreender fatos e atitudes que ocorrem à sua volta. Pela necessidade de sobreviver o homem adquiriu cultura ao longo do tempo, sempre transformando o meio através de suas conquistas e realizações. A ciência possibilita que o homem esteja sempre evoluindo e projetando o seu futuro, a informática faz parte desta evolução sendo importante no cenário educacional, pois é um instrumento facilitador das atividades pedagógicas.
O uso de softwares no contexto escolar é de suma importância, visto que eles motivam e despertam o educando de forma lúdica, interessante e prazerosa. Com uma linguagem clara e objetiva os softwares educacionais objetivam promover o ensino mediado pelo professor ou a auto-aprendizagem, isto porque são modernos úteis e práticos, oferecem várias possibilidades de interação do aluno com o computador e a informática a fim de tornar o "ensinar e aprender" mais dinâmicos. É imperioso que os educadores ao se apropriarem de recursos tecnológicos como softwares e aplicativos contextualizem-os com os objetivos, e conteúdos da atividade e com as necessidades, os interesses e a faixa etária dos estudantes. Valente (2002) "O educador deve conhecer o que cada uma dessas facilidades tecnológicas tem a oferecer e como pode ser explorada em diferentes situações educacionais."
Este trabalho "Sistema Operacional e seus Aplicativos", consiste na escolha de softwares e aplicativos para uso na escola adequando-os a atividade que se pretende realizar. O mesmo é tão somente uma simples tarefa de pesquisa, leitura e produção escrita envolvendo alguns recursos tecnológicos. Tema: "A cidade em foco". Na verdade é um trabalho que pretende simplesmente registrar a história de uma cidade através do "olhar" de alunos do Ensino Médio.
Os alunos muitas vezes não conhecem a realidade em que vivem, não sabem a origem da cidade em que moram, quais foram os primeiros habitantes, a data de fundação, de emancipação e muitos outros aspectos da cidade que precisam ser conhecidos, analisados e compreendidos. Com base nesta lamentável constatação pensou-se em desenvolver uma atividade em que os alunos possam conhecer e registrar a história do lugar em que vivem traçando um "panorama" da cidade sob todos os seus aspectos. Considera-se uma atividade relevante no sentido de que é papel da escola contribuir para que os jovens conheçam a realidade em que vivem e atuam como seres humanos e cidadãos. Conhecendo-a podem compreendê-la, compreendendo-a podem lutar para transformá-la.
A atividade deverá ser desenvolvida utilizando-se o laboratório de informática da escola a fim de proporcionar aos alunos o conhecimento da realidade em que estão inseridos, e principalmente contribuir de forma significativa para inclusão dos mesmos no mundo virtual, através da utilização de alguns recursos tecnológicos e da informática, bem como de alguns programas e aplicativos disponíveis no mundo da informática e da internet.
A atividade: "A cidade em foco" será desenvolvida a partir dos seguintes procedimentos metodológicos: Trabalho de grupo. Cada grupo pesquisará sobre um dos aspectos da cidade: físicos, humanos, políticos, econômicos, culturais, históricos, sociais e educacionais. De posse do material coletado na pesquisa por meio de entrevistas, leituras, fotos, pesquisas em documentos nos órgãos públicos, na internet, etc. Será feita a produção escrita sobre cada um dos aspectos pesquisados. Os textos deverão ser analisados, feitas as devidas correções, o alinhavo das partes que formarão o texto "panorama da cidade". Os textos deverão ser digitados, depois será feito o ajuste de margens, o alinhamento, correções de erros de digitação, inserção de figuras, tabelas, gráficos, fotos, caso seja necessário dependendo da pesquisa de cada grupo. A ilustração deverá ser de forma coerente e organizada. Depois de pronto o material deverá ser armazenado em arquivos ou disponibilizado na internet para pesquisas posteriores.
Os recursos tecnológicos utilizados nesta atividade, uma máquina digital ou filmadora, gravador e ainda recursos do mundo da informática como:
Word, editor de texto, que facilita a elaboração do texto fazendo o ajuste das margens, alinhamento, correção de erros de digitação, espaçamento entre linhas e parágrafos, inserindo figuras, tabelas, ou gráficos e até planilhas.
PowerPoint; aplicativo que tem a função de auxiliar o usuário a criar apresentação de trabalho de forma simples e rápida para inserir imagens, gravuras e fotos no texto;
Paint aplicativo que tem a função de inserir desenhos no texto.
Internet; biblioteca que guardará o material elaborado pelos alunos para pesquisas futuras.
O material produzido ainda poderá ser gravado em DVD ou impresso para distribuição na biblioteca e outros locais de circulação da escrita. A atividade será comentada pelos alunos no Orkut da sala e posteriormente os mesmos poderão criar um blog para resgatar a história da cidade.
A atividade supracitada objetiva oportunizar a abertura do laboratório de informática para os alunos da turma envolvida na atividade, contribuindo para que os mesmos familiarizem-se com o manuseio do computador, proporcionando-os o conhecimento dos recursos citados na elaboração desta, isto ampliará o processo de letramento visto que os educandos irão conhecer o mundo virtual e algumas de suas funcionalidades na organização do texto. A própria situação de uso do computador leva o aluno a assumir o desafio de ler, conhecer e compreender o mundo digital, tornando-se um cidadão do ciberespaço. Objetiva também relacionar as tecnologias da informação e comunicação ao desenvolvimento das sociedades e ao conhecimento que elas produzem.
A atividade "A cidade em foco" a ser desenvolvida por alunos do Ensino Médio propõe: interação entre os grupos; pesquisa, leitura, produção de texto e o conhecimento da história de sua cidade em todos os aspectos e enseja que alguns recursos da informática disponíveis na escola sejam utilizados no desenvolvimento do processo ensino - aprendizagem de forma significativa.
Entende-se que os recursos tecnológicos elencados para o desenvolvimento das atividades sugeridas neste trabalho não podem ser classificados propriamente como softwares e aplicativos educacionais, mas acredita-se que toda ferramenta da mais simples a mais sofisticada e moderna pode ser considerada educativa desde que esteja coerente com a metodologia e os objetivos propostos para a ação pedagógica e que o seu uso seja articulado pelos professores. Giraffa (1999) "todo programa que utiliza uma metodologia que o contextualize no processo ensino aprendizagem, pode ser considerado educacional." Esta é uma visão cada vez mais propagada na comunidade da informática educativa.
É importante que, na utilização dos recursos tecnológicos para a educação, o professor esteja capacitado não somente para manuseá-los, trabalhando com textos, sons, imagens, vídeos, softwares e aplicativos, mas também para ir além do entendimento destas. O professor deve ter a compreensão do uso das mesmas, no processo de construção do conhecimento. Isto só acontecerá quando os educadores se conscientizarem da importância e da necessidade de investir na sua formação profissional nesta área do conhecimento a fim de adquirir competências e habilidades fundamentais para o profissional da educação nos dias atuais
É importante ainda ressaltar que, no fazer pedagógico, os professores não devem ser vistos apenas como quem usa a informática enquanto instrumentos de ensino, como aquele que conhece os equipamentos, programas, sistemas operacionais, conceitos, softwares e aplicativos que lhe permitem o desenvolvimento do seu trabalho, mas, sobretudo devem ser vistos como quem promove o desenvolvimento dos alunos no contexto da sociedade virtual.

7
REFERÊNCIAS

Como funciona o computador, minas gerais. n.3, 1997. Disponível em: Introdução à Informática, http://www2.ufp.pt/~lmbg/textos/intro_inf.pdf .Acesso em: 29 maio 2010.
Componentes do Computador, http://venus.rdc.puc-rio.br/rmano/comp.html
David A. Patterson e John L. Hennessy, Organização e projeto de computadores - A interface HARDWARE/SOFTWARE. Editora LTC, segunda edição.Acesso em:29 de maio de 2010.
Fernando de Souza Meirelles, Informática - Novas aplicações com microcomputadores. Editora Mc Graw Hill, segunda edição.
GIRAFFA, Lucia Maria Martins:Uma arquitetura de tutor utilizando estados mentais: Porto Alegre:PPGC. UFRGS. 1999. www.scribd.com.doc...tese da Lucia Giraffa. Acesso em 04 de junho de 2010.
Introdução ao Processamento de Dados, http://www.bvbv.hpg.ig.com.br/acervo/info/info12.html
Microinformática, http://www.fundacaobradesco.org.br/vv-apostilas/mic_suma.htm
Redes, endereços, nomes e serviços, http://www.dei.isep.ipp.pt/~andre/documentos/redes-introducao.html
Surf the Web, http://www.learnthenet.com/english/html/84domain.htm
SANTOS, André Luis dos. Informática aplicada a educação/ André Luis dos Santos, Simone Costa Andrade - São Luís: UEMA / NEAD, 108p,2006.
VALENTE, José Armando. Pesquisa, Comunicação e Aprendizagem com o computador. in MORAN. José Manuel Almeida; Maria Elisabete Bianconcini (org) Integração das Tecnologias na Educação. Salto para o futuro 2002.
Revisado por Editor do Webartigos.com