Procedimentos Metodológicos
 
Procedimentos Metodológicos
 


PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

Segundo Aaker (2001), em Pesquisa de Marketing, a elaboração de um propósito que integre a pesquisa à tomada de decisões e a formação do objetivo da pesquisa, que lhe servirá de orientação, são indiscutivelmente, os passos mais importantes do processo de pesquisa. Se as etapas forem analisadas de forma correta, a pesquisa terá grandes chances de ser útil e adequada. Porém, qualquer erro cometido nessa etapa comprometerá a relevância e utilidade da pesquisa
7.1 TIPO E MÉTODO DE PESQUISA
Segundo Aaker (2001), um projeto de pesquisa é um mapa detalhado usado para guiar tal análise até seus objetivos. O processo de projetá-la envolve muitas decisões inter-relacionadas. A mais importante delas é a escolha do tipo de pesquisa, pois é o que vai determinar como as informações serão obtidas.
Enquanto, para Mattar (1999), diferentes classificações dos tipos de pesquisa têm sido adotadas por diversos autores da área, esta aparente confusão observada nas diversas classificações ocorre porque o tipo de pesquisa é um conceito complexo que não pode ser descrito de maneira única.
A Pesquisa Exploratória, que visa promover o pesquisador de um maior conhecimento sobre o tema ou problema de pesquisa em perspectiva. É apropriada para os primeiros estágios da investigação quando a familiaridade, o conhecimento e a compreensão do fenômeno por parte do pesquisador são, geralmente, insuficientes ou inexistentes. Esse tipo de pesquisa é particularmente útil quando se tem noção muito vaga do problema de pesquisa. Esse tipo também ajuda a estabelecer as prioridades a pesquisar. Essas prioridades podem ser estabelecidas devido a uma particular hipótese explicativa surgida durante a pesquisa exploratória que parecerá mais promissora do que outras. Além disso, poderá gerar informações sobre as possibilidades práticas da condução de pesquisas específicas.
A pesquisa exploratória utiliza métodos bastante amplos e versáteis. Segundo Aaker (2001), quando se projeta uma pesquisa, existe uma ampla variedade de métodos a serem considerados, seja de forma individual ou combinada. Para a etapa exploratória utilizou-se o método de coleta de dados secundários.
Malhotra (2001) afirma que os dados secundários são de acesso fácil, relativamente pouco dispendiosos e de obtenção rápida. Embora raramente os dados secundários dêem todas as respostas para um problema de pesquisa não rotineiro, eles podem ser úteis de várias maneiras, tais como: identificar o problema; definir melhor o problema; desenvolver uma abordagem do problema; entre outros.

A Pesquisa Descritiva, segundo Aaker (2001), é caracterizada por possuir objetivos bem definidos, processos formais, serem bem estruturadas e dirimidas para a solução de problemas ou avaliação de alternativas de cursos de ação, agrupa uma série de pesquisas cujos processos apresentam importantes características comuns. Diferentemente do que acontece nas pesquisas exploratórias, a elaboração das questões de pesquisa pressupõe profundo conhecimento do problema a ser estudado, ou seja, o pesquisador precisa saber exatamente o que pretende com a pesquisa, como o que deseja medir, quando e onde o fará, como o fará e por que deverá fazê-lo.

Pessoas pouco familiarizadas com pesquisas de marketing acham comum que para realizá-las basta construir rapidamente um questionário e sair a campo coletando milhares de dados, mas ao findar este trabalho imenso, ficam certamente selecionadas com a inutilidade da maioria dos dados coletados dessa forma desordenada. A quantidade de opções de dados possíveis de serem coletados em uma pesquisa é infinita, por isso é necessário saber antes quais são os dados relevantes para aquele tipo particular de fato ou fenômeno.

Estas questões não exaurem todas as dúvidas possíveis de ocorrer durante a elaboração de um planejamento de pesquisa, algumas dessas questões são respondidas por lógica, outras por estudos exploratórios e as mais complexas poderão exigir até a condução de uma pesquisa piloto, também é fundamental que haja uma especificação de variáveis e categorias e que sejam definidos antes de a coleta de dados começar para que não haja com o que se lamentar quando a análise começar e os dados terem sido coletados.

De acordo com Malhotra (2001), essas pesquisas compreendem grande número de métodos de coleta de dados. Para o desenrolar desta pesquisa utilizou-se o método que compreende questionários pessoais e observação. Este método se baseia no interrogatório dos participantes, aos quais se fazem várias perguntas sobre seu comportamento, intenções, atitudes, percepção, motivações, características demográficas e de estilo de vida. Essas perguntas podem ser obtidas, formuladas verbalmente, por escrito ou via computador e as respostas também. Geralmente, o questionário é estruturado visando a certa padronização no processo de coleta de dados. Na coleta estruturada de dados, elabora-se um questionário formal e as perguntas são feitas em uma ordem pré-especificada.
 
Avalie este artigo:
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Camila Silva De Santana
Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
Formada em comunicação social com habilidade em publicidade e propagada.
Membro desde março de 2011
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: