PREPARANDO-SE PARA EXPULSAR DEMÔNIOS
 
PREPARANDO-SE PARA EXPULSAR DEMÔNIOS
 


PREPARANDO-SE

PARA

EXPULSAR

DEMÔNIOS




Pr. Marinho Vieira Rocha


PREPARANDO-SE PARA EXPULSAR DEMÔNIOS



INTRODUÇÃO


O propósito do assunto que apresentamos aqui, é sem dúvida alguma, oferecer-lhe melhores esclarecimentos as seguintes perguntas:


Ø O que e quem são os demônios
Ø Como reconhecer uma opressão demoníaca
Ø Que poder possuem os demônios
Ø O que os demônios fazem as pessoas
Ø Como reconhecer uma pessoa endemoniada
Ø Como expulsar os demônios

O cristão pode imediatamente tornar-se um dominador de demônios, recebendo um entendimento claro sobre a obra dos demônios e da sua derrota total no calvário. Uma vez que o cristão compreenda que os demônios estão totalmente sem poder sobre os crentes, ele nunca mais terá medo dos demônios nem do diabo.
Todos os cristãos podem ter autoridades sobre o diabo e seus demônios. Portanto, reconheça a autoridade que você como cristão tem, e exercite-a na fé da palavra de Deus.


TEXTO BÍBLICO BÁSICO PARA NOSSO ESTUDO
Lucas 10.17-20


Lendo o versículo 20, entendemos claramente que o fato de estarmos salvos, é a causa maior para alegrarmos do que os demônios serem expulsos. Assim, o objetivo primordial do nosso ministério não é o de expulsar demônios e sim, o de pregarmos o Evangelho aos perdidos e o nosso nome estar escrito no céu Lc 10.20. Dois grandes poderes estão engajados numa luta de vida ou morte sobre os seres humanos. Pedro e João os descrevem assim: Pedro, "O vosso adversário, o diabo, como um leão que ruge, anda em derredor, buscando a quem possa tragar I Pd 5.8" e João disse: "O Filho de Deus se manifestou para que pudesse destruir as obras do diabo I Jo 3.8".

- 1 -
Antes de descrevermos sobre os demônios, será muito importante compreendermos um pouco sobre satanás.

I- QUEM É SATANÁS?
Satanás é o deus deste século (mundo) II Co 4.4. Ele era o príncipe das nações Mt 4.8,9. Lamentavelmente também o autor de todas as nossas aflições, angústias, enfermidades, dores e da própria morte. Ele é o rei e governador de todos os espíritos demoníacos. Seu principal desejo, é de destruir as vidas humanas, para aborrecer a Deus tentando frustrar seu plano para com a humanidade. Veremos a seguir, os nomes que são conferidos à satanás pela própria Bíblia.

1- DIABO Em Mateus 13.19, ele é chamado "maligno".
No verso 39 ele é chamado "inimigo e diabo". A palavra diabo significa "acusador, difamador ou caluniador".

2- ACUSADOR Em apocalipse 12.10, ele é chamado "acusador dos crentes".

3- ADVERSÁRIO Em I Pedro 5.8, ele é chamado de "adversário" e é comparado a um "leão que ruge, buscando a quem possa tragar".

4- DRAGÃO Em apocalipse 20.2, ele é descrito por um grupo de nomes abomináveis, como: o de "dragão" aquela antiga serpente que é o diabo e satanás.

5- PAI DA MENTIRA Em Jo 8.44, Jesus o chamou de "assassino, mentiroso e pai da mentira".

6- TENTADOR Em Mateus 4.3, ele é chamado de "tentador".

7- PRINCIPE DOS DEMÔNIOS Em Mateus 12.24, lá ele é chamado de "príncipe dos demônios".

8- PRINCÍPE DAS POTESTADES DO AR Em Efésios 2.2, seu nome é "príncipe das potestades do ar".

9- PRÍNCIPE DESTE MUNDO Em Jo 14.30, é o "príncipe deste mundo".

10- CORRUPTOR DE MENTES Finalmente em II Co 11.3, conhecido como "corruptor de mentes".

II- QUEM SÃO OS ESPÍRITOS DEMONÍACOS?
A Bíblia é tão clara em seus ensinamentos sobre os demônios, quanto o é em
- 2 -
relação os anjos.

Ambos são verdadeiros e reais e deverão serem compreendidos corretamente. Os demônios são malignos, odiosos e destrutivos. Os espíritos demoníacos são personalidades, como os espíritos humanos os são. Os demônios são espíritos que não possui corpos palpáveis como o nosso corpo. Nós somos espíritos que possuímos corpos. O nosso espírito veio de Deus e vivemos para servi-lo. Os espíritos demoníacos servem à satanás e são enviados por ele.

1) A quem eles pertencem?
Os demônios pertencem ao diabo e satanás, o qual é o governador
dos mesmos. Jesus assim se pronunciou em Mt 25.41: "o diabo e seus anjos".
A palavra grega diábolos (diabo) significa: "acusador ou caluniador". E as palavras daimon e daimonion são usadas tanto no singular como no plural as quais não são intercambiáveis com diábolos, uma vez que há somente um diábolos.

2) Eles são anjos caídos
Os demônios são anjos que pecaram ( que caíram) veja em Jd 6.
Quando foram criados por Deus, eram perfeitos porém, tinham o poder de escolha (o livre arbítrio). Portanto, são anjos que acharam melhor desobedecer à Deus e obedecer à satanás ? que péssima escolha!

2.1) Alguns deles estão aprisionados
Existem alguns demônios que pecaram e que se encontram agóra aprisionados em "cadeias de escuridão", como se leia em II Pd 2.4. Eles estão esperando pelo julgamento dos anjos feito pela Igreja. Confira I Co 6.3.

2.2) Alguns deles estão livres (entre aspas)
Existem os anjos que caíram (pecaram), os quais Deus
determinou que continuassem no domínio e governo de satanás. Estes estão por toda parte do mundo a serviço de satanás. Satanás, por não ser Onipresente isto é: não pode estar presente em toda parte ao mesmo tempo, então ele tem uma multidão de demônios ou espíritos demoníacos desencarnados procurando corpos para se encarnarem.

III- DIFERENCIANDO CORPO / ESPÍRITO

1) Os espíritos nos corpos
Eu tenho um corpo, más sou um espírito. Então o meu espírito
habita no meu corpo. Quando eu me expresso, é o meu espírito quem fala com as faculdades do meu corpo. Você consegue ver e palpar o meu corpo, más não
- 3 -
conseguirá ver o meu espírito, porque o verdadeiro eu é um espírito que mora dentro do meu corpo. O meu corpo é simplesmente a casa onde habita o meu espírito. Um dia o meu corpo morrerá e voltará ao pó. Más eu, o espírito nunca morrerei pois, voltarei à Deus de onde vim. Confira Ec 12.7.
Eu, (meu espírito) sou uma personalidade. Eu (meu espírito), me expresso através do meu corpo. Se meu corpo (matéria) fosse tirado de mim (que sou espírito, o que fala e pensa) não poderia expressar o corpo. Então, corte fora a minha língua, e o meu corpo não poderá expressar. Destrua os meus ouvidos, e eu (espírito) não poderei ouvir. Cegue os meus olhos e eu (espírito) não poderei ver; Muito embora os meus olhos estivessem cegos, os meu ouvidos surdos, a minha língua removida, ainda assim eu o (espírito) estarei presente ou consciente por causa da mente. Ampute minhas pernas e braços, destrua meu olfato e as minhas cordas vocais, e ainda assim você não teria destruído-me (meu espírito que é imortal).
Eu poderia expressar-me, sem sair algum som através do corpo que é perecível. Assim, eu (o espírito) teria um corpo (matéria), más suas faculdades de expressão teriam sido destruídas. Agóra você pode compreender o que quero dizer ao falar sobre a diferença entre eu o (espírito), e o meu corpo (matéria).

2) Espíritos sem corpos
Os demônios são espíritos malignos desprovidos de corpos com
os quais poderiam expressarem neste mundo. Já que não possuem corpos próprios, eles precisam vaguearem pela terra, procurando um (corpo-matéria) afim de que possam entrar no corpo e encontrar meios de expressão, afim de poder levar a cabo suas missões e vontades malígnas Mt 12.43.
Já que os espíritos demoníacos são verdadeiras personalidades, eles manifestam as suas próprias personalidades pessoais, nos corpos que eles entram. Há várias classes ou tipos de espíritos demoníacos, assim como há diferentes tipos de pessoas, o que passaremos a examinar a seguir, pois cada tipo de pessoa, reflete cada tipo de espírito demoníaco.

IV- COMO SÃO OS DEMÔNIOS?

1) Os demônios falam
Eles falam através das faculdades mentais e da fala de uma
Pessoa, da mesma maneira que o meu espírito (o verdadeiro eu), fala através da minha própria língua e cordas vocais. Em Mc 3.11;1.22-25 e Lc 4.41, estes versículos mostram como os demônios falavam com as pessoas ao expulsá-los.

2) Os demônios conhecem o futuro deles
Certa vez, Jesus deparou com dois homens endemoninhados que
-6-
saiam dos sepulcros. E, quando Jesus os expulsavam, os demônios clamaram:
- 4 -
"Que temos nós contigo, Jesus filho de Deus? Vieste atormentar-nos ante do tempo?" Mt 8.29. O que os demônios quiseram dizer com a pergunta: "Vieste para nos atormentar antes do tempo?" De qual tempo estavam falando? De certo, falavam do tempo de tormento que virá sobre eles conforme Apoc. 20.10,15 e 21.8. Os demônios sabem muito bem, que o inferno foi preparado para o diabo e para eles e que chegará o dia em que serão atormentados dia e noite, e o será para todo o sempre. Eles sabem que não mais poderão atormentar a ninguém, porque o tempo deles já terá chegado. Por isto, sabedores destas verdades, eles tremeram diante de Jesus e clamaram como já vimos.

3) Os demônios resistem a rendição
No capítulo oito de Mateus, o quinto capítulo de Marcos e o
oitavo de capítulo de Lucas, descrevem o relato de Jesus expulsando uma legião de demônios de um homem. Estes versículos revelam-nos o seguinte:
a) Os demônios na verdade professaram adorarem a Cristo, buscando impedir que o Senhor fosse severo demais para com eles Mc 5.6
b) Jesus ordenou-lhes que saíssem do homem Lc 8.29 e Mc 5.8
c) Os demônios lhe imploraram para que Jesus não lhes atormentassem, más quando Jesus falou-lhes ordenando que saíssem, os demônios ficam com medo e prontamente saíram Lc 8.28
d) Jesus lhes perguntou: "Qual é o teu nome?" Lc 8.30
e) Os demônios responderam: "O meu nome é legião, pois somos muitos" Mc 5.9
f) Jesus insistiu que eles fossem embora, os demônios chocados com a expulsão do corpo daquele homem, rogaram-lhe que não os enviassem para fora daquela província Mc 5.10.
Primeiro: Embora terem, sido expulsos daquele homem, queriam terem nova oportunidade de se apossarem de outra pessoa por ser uma província onde as pessoas sem dúvida os facilitavam;
Segundo: Em cada cidade ou província, possivelmente existe um demônio comandante, com seus comandados a agir em cada cidade com o propósito de fazerem as desgraças e, penso eu que por essa razão, eles não queriam sair daquela província. É importante analisarmos: Porque pediram para não saírem daquela província? O que haveria de importante para eles na naquela província, uma vez que estavam sendo expulsos do corpo daquele homem? Já parou você para analisar isto? Deixo aquí o penso:
g) Pediram ainda mais: caso fossem expulsos daquela habitação
humana, o segundo lugar que fossem permitidos, seria entrarem nos porcos que ali estavam dizendo: "Envia ?nos para os porcos para que possamos entrar neles" Mc 5.12
g) Imediatamente Jesus lhes deu permissão para entrarem na manada de porcos Mc 5.13. É maravilhoso saber que Jesus nos deu poder sobre os demônios conforme lemos em Mc 16.17; Lc 9.1 e 10.19 ? Aleluia...

- 5 -
4) Os demônios podem pedir reforços
Jesus ensinou uma lição muito reveladora sobre os demônios pedirem reforços mais precisamente encontramos isto em Mt 12.43-45 leia. Como vemos, é possível que os demônios que foram expulsos, chamem outros demônios como um reforço para entrarem novamente nas pessoas das quais foram expulsos. Isto acontece quando a pessoa que fora libertada deixa de consagrar a vida ao Senhor. Diz a Bíblia que o último estado daquela pessoa, será pior do que o primeiro Mt 12.45. Lendo também Lc 13.11,12,16 vemos Jesus tratando de um caso de enfermidades demoníacas.

5) Os demônios reconhecem e obedecem aos que tem poder sobre eles
Quando Jesus se deparava com os que estavam endemoninhados,
os demônios geralmente clamavam: "Sabemos quem tu és. Tu és o Filho de Deus".
Os demônios nunca mudaram suas atitudes e ações. Sempre foram as mesmas. Incidentes ou fatos como estes, aconteceram no ministério de Paulo como lemos em At 19.13-16
Os demônios sabem quem tem poder sobre eles. Eles conheciam a Jesus e a Paulo. Porém, veja o que aconteceu com os sete filhos de Ceva que não tinham o poder para expulsá-los At 19.13-16. É Jesus quem dá o poder e, eles não tinham este poder que Jesus dá em Mc 16.17. Maria Madalena estava possuída por 7 demônios, contudo um homem ungido de Deus, expulsou todos os 7 demônios. Por outro lado, havia 7 homens, como nenhum deles eram ungidos de Deus, e todos estes 7 homens não conseguiram expulsarem nem ao menos um só demônio porém aquele único demônio, saltando ou arremessando-se nos 7 homens, os mesmos fugiram nus e feridos. Que contraste!

V - QUAIS SÃO OS SINTOMAS DE UMA PESSOA ENDEMONINHADA?

1- No sentido físico
a) Olhar vago: A pessoa que está sob o poder de um espírito maligno, geralmente tem um aspecto vitrificado e seu olhar vago.
b) Estado de transe: Quer dizer momento de aflição ou crise. As pessoas entram em crises. Seus olhos se fecham e ao abrirmos as suas pálpebras seus globos oculares viram-se para trás, mostrando a parte branca dos olhos.
c) Força extrema: Como aconteceu com o endemoninhado gadareno

Mc 5.3,4 até mesmo uma pessoa mais tímida e inofensiva, poderá tornar-se tão forte como um boi e agir violentamente, se um poder demoníaco estiver em sua vida.
d) Sexualidade intensificada: Os demônios muitas vezes levam as pessoas uma vez escravizadas por eles a experimentarem uma sensualidade

- 6 -
intensificada.
e) Sensação de sufocação: Quando um espírito imundo está em ação, muitas vezes a vítima sente-se como sufocada, estrangulada, e até mesmo em enorme aperto ao redor do seu peito. Lembro-me de uma certa vez, que ao expulsar um demônio de uma pessoa (homem), o demônio fez com que ele, pegasse um cinto e colocasse no pescoço e com as próprias mãos cruzando-as pegando as pontas do cinto, foi se enforcando e, quando vi aquilo, repreendi aquele demônio no Nome de Jesus, e na mesma hora o Senhor o libertou ficando liberto instantaneamente, passando a servir o Senhor Jesus, dando glória ao seu Santo Nome.
f) Sons vocais: Os espíritos malignos podem tossir, espirrar, falar, rir, ameaçar e lutar (lembrar uma experiência), chorar, implorar, mentir etc. Leia Marcos 5.5,7,9 e 10
g) Resistência ativa ou passiva: O espírito maligno poderá fazer com que a pessoa caia ou se jogue no chão e dar a impressão de ficar morta. O espírito maligno poderá também: xingar, gritar, esturrar, correr e zombar do crente. Veja At 19.13-16. Notemos que, esta é uma tentativa de satanás em desanimar o crente, fazendo com que ele duvide de sua autoridade em Cristo sobre ele. Leia os textos de Lc 4.35; 9.39 e Mc 9.18,20,26
h) Ações violentas: Eles podem também tentar morder, amarrar (lembrar uma experiência), chutar ou ferir. Cuidados que se deve ter: Não expulsar nenhum demônio com os olhos fechados como que estivesse orando e evitar o máximo de segurá-lo. Use a força e o poder do Senhor Veja: Ef 6.10-12.
Certa pessoa ao expulsar um demônio de olhos fechados, sem perceber, levou um tremendo soco no rosto.
i) Odores fétidos: As vezes um odor fétido (fedido), semelhante a enxofre se percebe da pessoa que está sob uma escravidão demoníaca.

2- No sentido emocional
a) Depressão: Uma pessoa que se encontra sob o domínio de um espírito maligno, geralmente fica deprimida e é seduzida por pensamentos de suicídios I Sm 16.14 e 31.4 e Mt 27.3-5
b) Culpa: Normalmente também estas pessoas estão repletas de pensamentos de culpa, falta de perdão e amargura. Mt 27.3,4.
c) Temperamento violento: Algumas pessoas possuem um temperamento violento e se transtornam facilmente como já vimos no ítem um, letra h. Veja: I Sm 19.9,10
3- Conflitos e confusões intelectuais
As pessoas escravizadas por demônios, geralmente sofrem conflitos e confusões mentais. O deus deste século segou (grego = poroo, embrutecer) II Co 4.4
4- Nos sentidos espirituais
No geral há uma forte resistência na pessoa contra a Palavra de Deus e a
- 7 -
oração. (lembrar uma experiência).

V- AJUDA PRÁTICA E ESPIRITUAL
Os apóstolos Paulo e João nos fornecem algumas dicas de como podemos reconhecer as influencias ou espíritos demoníacos como:
Primeiro: Prestando atenção a linguagem e o tom de voz.
Geralmente a linguagem usada e o tom de voz da pessoa que está endemoninhada, é suficiente para sabermos se é ou não um demônio veja: I Co 12.3 e At 16.16-18
Segundo: Testando a confissão deles.
Quando uma pessoa estiver sob o controle e influência de determinado espírito maligno, teste-o de acordo com I Jo 4.1-3

VI- PORQUE OS DEMÔNIOS TÊM PODER ? Mc 5.1-20
1o ? Os demônios dão grande força física aos homens Mc 5.2-4
Note bem: Este endemoninhado (leia v. 2), tinha a força física de muitos homens. Vejamos que quando Jesus perguntou: "Qual é o teu nome?", ele respondeu, dizendo: "Legião é o meu nome, porque somos muitos"(leia v. 9). Você sabe quanto é uma legião? Se não, então fique sabendo: Uma legião é seis mil. Uma legião romana consistia de seis mil soldados. Note que este homem possesso, tinha a força de seis mil demônios juntos. Quando Jesus foi preso, Simão Pedro (Jo 18.10) puxou a espada e cortou a orelha de um dos soldados do sumo sacerdote e Jesus o repreendeu e disse: "Ou pensas tu que eu não poderia agora, orar a meu Pai, e que Ele não me daria mais de doze legiões de anjos?" Veja que se uma legião é seis mil, imagine então doze legiões. O Pai (Deus) enviaria então mais de setenta e dois mil anjos em favor de Jesus. Porém Ele disse: como cumpriria então as Escrituras? (leia Mt 26.53 e 54).
2o ? Os demônios podem fazer milagres
De acordo com a Bíblia, satanás e seus demônios é possível enganarem aqueles que buscam sinais. Leia II Ts 2.9 e Ap 16.13,14.
Aqui está aquele que correm atrás dos sinais, ao invés dos sinais correrem (acompanharem), os que crerem Mc 16.17.
3o ? Eles são prodígios de mentira
Mais do que nunca, precisamos ser como Moisés e Arão. Quando os poderes das trevas estiverem sendo exibidos, devemos demonstrar o poder de Deus que é muito maior. Leia Ex 7.11,12 e I Jo 4.4
4o ? Os demônios podem inspirar e controlar as pessoas
Não devemos ficar intimidados pelas seitas de ocultismo, falsos religiões, ou até mesmo por aqueles que somente professam serem cristãos. Todos eles têm uma coisa em comum: negam a divindade de Jesus Cristo. Para se saber o verdadeiro, teste-o com base em I Jo 4.2
Você poderá identificar os falsos mestres. Tudo o que você precisa fazer, é perguntar-lhes se crêem que Jesus é Deus Jo 1.1,14. Se responderem não,
- 8 -
significa que são falsos mestres ou profetas. Não obstante serem grandes líderes ou ensinadores se, negarem a divindade de Jesus, não são de Deus.
5o ? Os demônios podem dar um poder sobrenatural as pessoas
Muito cuidado com os serviços de feiticeiros, macumbeiros e cartomantes, que são poderes sobrenaturais sim, porém o Senhor nos convoca a sairmos do meio deles e nem tocá-los II Co 6.14-18.
Portanto devemos ter cuidado com:
a) Adivinhação: são os que afirmam possuir um conhecimento do futuro (os cartomantes). Esta prática não tem respaldo da palavra de Deus. Veja isto em Ez 13.6-8 e ainda o pior: O Senhor diz que é contra eles.
b) Feitiçaria: foi o que aconteceu com Saul. Uma feiticeira, teve a capacidade por intermédio de um outro espírito, identificar um morto no mundo dos vivos. Veja I Sm 28.7-20.
c) Médiuns: Os que afirmam possuírem espíritos familiares. Isto é uma abominação ao Senhor Dt 18.12. Israel ao entrar na terra prometida, Deus os advertiu contra os médiuns (espíritas) assim dizendo: "Não aprendereis a seguir as abominações destas nações" Dt 18.9-14.
d) Idolatria: Não deveriam adorar o deus moloque, que exigia sacrifícios humanos (de criancinhas). Deus os avisou sujeitos a terríveis castigos. Veja Lv 18.21; 20.2-5. Infelizmente o Rei Salomão ofereceu sacrifícios a estes deuses. Pecou é claro. Veja
o que Deus disse: I Re 11.4-13

VII- O QUE OS DEMÔNIOS FAZEM AS PESSOAS?
A palavra grega "daimonizomai", é traduzida em nossas Bíblias por ser afligido por um demônio, ou ter um demônio. Ser perturbado ou possuído por um ou mais demônios.
1o ? Eles atormentam e importunam
Estar endemoninhado significa estar perturbado ou atormentado emocionalmente, mentalmente e moralmente.
a) Perturbação mental: "Senhor tem misericórdia do meu filho, pois ele é lunático e severamente perturbado. ( no grego = pascho, sensação dolorosa) e muitas vezes cai no fogo e também na água..." E, Jesus repreendeu o demônio, que saiu dele Mt 17.15-18
b) Perturbação moral: "E veio uma multidão das cidades...trazendo os que eram atormentados por espíritos imundos (no grego = akathartos,quer dizer: impuro, abominável) e todos eram curados At 5.16
c) Tormento emocional: "E os que eram atormentados (no grego = é ochleo quer dizer: atormentar), por espíritos imundos... eram curados Lc 6.18. Ainda: "... a minha filha está horrivelmente endemoninhada ( no grego = daimonizomai) Mt 15.2
2o ? Eles causam enfermidades e sofrimentos
Aqui queremos mostrar que, nem todas as enfermidades são resultantes da
- 9 -
pessoa estar endemoninhada. Daremos aqui um exemplo: Um ministro do evangelho que estava presente numa certa noite enquanto alguém pregava sobre a relação dos demônios com as enfermidades, disse: "Sabedor que as enfermidades são um ataque de satanás em nossos corpos, ao invés de uma benção de Deus, estou pronto para resistir as obras de satanás, repreendê-lo, e passar a ter domínio sobre ele".
Todas as enfermidades têm uma forma de vida. Exemplo: Um micróbio ou um vírus faz, com que as enfermidades se desenvolvam. Esta vida maligna existente no micróbio, não é procedente de Deus, porque ela mata e destrói a vida humana. Ela é procedente de satanás, uma vida maligna ou espírito de enfermidade, que dá vida a enfermidade, para o seu desenvolvimento a ponto de proliferar. Quando o espírito de enfermidade sai do corpo, a enfermidade ( o micróbio ou vírus) morre ou desaparece Tg 2.26.
Um outro exemplo: Um câncer é causado por células "traidoras" as vezes na forma de tumores, as quais se reproduzem mais rapidamente do que as células "amigas" que podem matá-las. A vida neste câncer pode ser maligna. Todos os médicos concordam que se pudéssemos remover a vida do câncer, os efeitos deste câncer desapareceriam do corpo. Porém, há duas fontes de vida guerreando entre sí: a maligna do câncer e a benigna que é do corpo. Qualquer método médico de destruição do câncer mata muitas células saudáveis e benignas do corpo e prevalecendo assim as do câncer, levando a pessoa a morte.
Jesus disse: Em meu Nome expulsarão os demônios. Então, através do poder do Nome de Jesus, possuímos a autoridade para expelirmos ou expulsarmos o espírito de enfermidade (células do câncer). Conta um certo evangelista que, orando assim pelas pessoas, muitos instantaneamente foram curados.

IX - QUAIS OS RESULTADOS, AO SEREM EXPULSOS OS DEMÔNIOS?
1. As pessoas são curadas
Leia Mt 8.16 e observe que as enfermidades que Jesus curou, eram causadas por demônios. Ele expulsava o demônio e curava o doente.
1.1) Uma mulher curvada Lc 13.11
A Bíblia diz que a mulher tinha um espírito de enfermidade. Jesus disse que foi satanás que a aprisionou Lc 13.16.
Se alguém solicitasse que um médico diagnosticasse a doença daquela mulher, ele não iria dizer: "que um espírito de satanás a havia aprisionada". Ele chamaria isto de: "artrite da espinha, vértebras deslocadas ou um outro termo médico". Sem dúvida que quanto a ciência médica, ele estaria correto. Porém, a causa verdadeira do problema era que: "um espírito de enfermidade de satanás a havia aprisionada". Expulse o espírito, repreenda a opressão de satanás em nome de Jesus, e a pessoa será curada. Ele disse: "...em meu nome expulsarão os demônios...".
1.2) Um homem cego e mudo Lc 11.14 e Mt 12.22
Notemos que, após o demônio ser expulso por Jesus, ele pode ver e falar.
- 10 -
1.3) Um menino surdo e mudo Mc 9.25
Naquela época e, talvez também agóra, os que são surdos e mudos as vezes são enfermidades causadas por satanás.
2. Medicinal x Espiritual
Como já vimos antes, os médicos podem chamar de artrite aquilo que na verdade é um espírito de enfermidade. O termo científico pode ser cordas vocais não desenvolvidas ou nervos mortos nos ouvidos porém, o problema em determinados casos, é um espírito surdo e mudo que está na vida da pessoa. Ainda, o especialista pode dizer que é glaucoma ou catarata, más estas enfermidades podem ter sido causadas por um espírito de cegueira. Em todos os casos em as enfermidades são oriundas de um espírito (um tipo de demônio), as soluções é expulsá-lo da pessoa em nome do Senhor Jesus.

X - PREPARANDO-SE, PARA EXPULSAR OS DEMÔNIOS
É claro que quando se fala de preparo para expulsar demônios, indubitavelmente se faz necessário de que a pessoa seja seguidora de Jesus conforme Mc 16.17 tendo uma vida de fé At 16.16-18; usar a palavra de Deus Ef 6.17; e ter uma vida de oração e jejuns Mt 17.21.
1. Selecionando uma equipe de libertação
Vemos pela Bíblia, que os demônios eram expulsos por Jesus, por seus discípulos escolhidos e capacitados por Ele para ajudarem no seu ministério.
No Antigo Testamento, vemos que Daví após ser ungido rei pelo profeta Samuel, a sua música afugentava o espírito maligno que atormentava o rei Daví. Veja: I Sm 16.14,23
No Novo Testamento, nos quatro evangelhos Jesus, os doze apóstolos, os setenta discípulos e uma outra pessoa conforme Lc 9.1; 9.49; e 10.17, expulsaram muitos demônios.
No livro de Atos, vemos Pedro, Paulo e o evangelista Filipe envolvido em trabalhos de libertações das pessoas, que resultou na saída dos demônios. At5.16; 8.7;16.18 e 19.12.
Pedro era um pescador, Paulo um teólogo e Filipe começaram servindo as mesas. Isto, nos faz concluir que: - Já que a maioria dos líderes da Igreja primitiva eram leigos, este ministério é para todos os que crêem Mc 16.17. Porém, é muito prudente seguirmos o bom exemplo de Jesus em Mc 6.7. Há poder na concordância espiritual Mt 18.19. De acordo com nossa orientação aqui, as equipes de libertações de 2 (duas) a 6 (seis) pessoas, podem serem mais bem sucedidas do que uma pessoa somente. Quando o Senhor está conosco, "um persegue mil, e dois rechaçam a dez mil" Dt 32.30. Isto quer dizer, que dois são dez vezes mais poderosos do que um. Assim, recomendamos que preparem equipe de libertações.

1.1) Selecione um líder da equipe
O líder da equipe é um dos mais importantes aspectos de um bem sucedido ministério de libertação de uma igreja.
- 11 -
1.2) Selecione um casal
Selecione no mínimo dois casais treinados para cada equipe de libertação. Isto porque em muitos casos, é prudente usarmos mulheres, para acolherem ou lidarem com problemas de mulheres, e vice-versa. Esta prevenção é porque, freqüentemente os espíritos imundos compelem os endemoninhados a um comportamento sexual pervertido ou anormal e, dependendo da pessoa, ficaria um tanto constrangedor.
1.3) Selecione os membros da equipe
A tarefa mais importante do líder da equipe, é encontrar homens e mulheres voluntários e que satisfaçam as qualificações necessárias, tais como baseadas em I Tm 3.1-12.
1.4) Todos os membros da equipe precisam ser irrepreensíveis
O líder da equipe e seus membros precisam ser de maneira irrepreensível. O líder nem seus membros devem ser polígamos, deve ser sóbrio i.é, - sem o uso exagerado de luxo, controlado, respeitável, hospitaleiro, não dado a embriaguez, não violento e nem amante do dinheiro.
Principalmente o líder, precisa governar bem sua família e, que tenha seus filhos sob obediência. Também não deva ser neófito nem um recém convertido, pois poderá de modo inconveniente. Deva ter boa reputação para com os de fora, não usufruindo de ganhos desonestos e ilícitos, afim de que não caia na armadilha do diabo. Lí algo dizendo que, certa vez uma equipe de libertação, que estava expulsando um espírito imundo de um homem que estava envolvido em homossexualismo e fornicação, e certo jovem que estava alí observando a equipe, resolveu unir a equipe sem ser convidado. Ele começou a ordenar em voz alta dizendo: "Eu exijo que você saia dele seu espírito imundo". Aquele espírito imundo imediatamente falou através daquele endemoninhado dizendo: "Porque você está tentando me expulsar daqui, se você faz também as mesmas coisas que eu induzo este homem a fazer?" Diz a história que o rosto daquele jovem ficou pálido e envergonhado pressurosamente saiu daquela sala. Então, esta autoridade espiritual, somente deverá ser exercitada por aquela pessoa, homem ou mulher, que estiver vivendo uma vida moralmente limpa e reta. Portanto, os membros da equipe, deva ser escolhidos cuidadosamente.
1.5) Os membros da equipe precisam ter fé
Escolha somente aqueles que já demonstraram terem fé. Uma prova d fé, é evidenciada por aqueles que vivem uma vida de oração Hb 11.6. Se houver falta de fé, da pessoa que está expulsando, é possível não ser liberta. Veja estes textos: Mc 9.18b,19,23,24; Mt 17.19,20
1.6) Os membros da equipe precisam ter unção do Espírito Santo
Para que a palavra de ordem dada ao demônio seja obedecida e que tenha o efeito necessário, a pessoa precisa ter a unção do Espírito Santo. Leia Lc 4.18,19; Mt 12.28 ainda At 10.38. Veja que é a unção que despedaça o jugo de satanás Is 10.27. A unção do Espírito Santo opera em nós a medida que usamos o nome de
Jesus como autoridade.
- 12 -

XI ? PREPARANDO AS PESSOAS A SEREM LIBERTAS
As pessoas que estarão precisando de libertação, deverão ser convidadas a participarem de reuniões preparativas. Estas reuniões, farão com que as pessoas se preparem para suas libertações obedecendo as seguintes orientações:
1. Freqüentar ensinos bíblicos
Se a pessoa a ser liberta estiver disposta a freqüentar as
Reuniões de ensinos bíblicos, isto ajudará e demonstrará no seu desejo de libertação. Expulsar espíritos demoníacos de pessoas que não desejam libertação, as vezes resultará em situações piores.
Certifique-se primeiro de que a pessoa a ser liberta, deseja se libertar.
2. Quebrar os contatos com os médiuns
Se a pessoa estiver envolvida com médiuns, é necessário que
todo contato seja interrompido. Veja Lv 19.31 e Zc 10.2. Observe também, se a pessoa está envolvida com mágicas de amor, ódio etc. Se ela está usando algum tipo de anel, colar ou amuleto. (Amuleto: é um tipo de objeto usado contra o azar por pessoas supersticiosas).
(Talismã: Um tipo de objeto que se julga proporcionar boa sorte). Em caso positivo, remova e desfaça tudo em Nome do Senhor Jesus com uma oração juntamente com a pessoa.
3. Destruir artigos de feitiçarias
Com a pessoa devidamente consciente e decidida, oriente-a, para
que ela mesma destrua todos os artigos de feitiçarias como por exemplo: pulseiras, anéis dos pés (como os africanos) feitos de borracha fina, cinzas, cordões nos pulsos, braços, tornozelos, pernas e o diafragma, e também ídolos.
4. Renunciar tudo o que for pecaminoso
Peça para a pessoa a ser libertada, fazer uma oração de renúncio a tudo o que for pecaminoso II Co 4.2.
5. Receber a Salvação
É necessário que a pessoa durante o processo de libertação, seja
levada a Cristo para garantia da libertação. Caso ela não queira, mostre para ela o risco que está ocorrendo conforme Lc 11.24-26.
6. Memorizar versículos bíblicos
Na primeira reunião de preparação com as pessoas a serem
libertas, procederá a identificação com preenchimento de dados, orientações necessárias, e a distribuição dos seguintes versículos bíblicos, para memorização durante o período de libertação. Nm 23.21-24; Hb 2.14,15; Lc 10.17-19; Mc 16.17 e Tg 2.19


7. Das reuniões de libertações
O primeiro período para a libertação, compreenderá de 7 (sete)
- 13 -
reuniões subsequentes. Veja: Gn 2.2,3. Nesta passagem que lemos, encontramos o termo "DESCANSOU", dizendo-nos que Deus descansou no sétimo dia de toda sua obra que fez. Assim, o verbo hebraico se acha no estado "perfeito". Concluímos então que, com 7 (sete) reuniões seguidas, haverá uma libertação perfeita. Caso com 7 (sete) reuniões a pessoa não ficar liberta, fazer uma nova entrevista para averiguar os motivos de impedimentos e, repetir novamente o processo o que se completará então, 14 (quatorze). dias. Ainda se porventura com 14 (quatorze) dias, a pessoa não ficar liberta, não deva desistir pois pode ser que ainda exista alguma barreira impedindo a libertação como foi com Daniel. Dn 10.2,3,12-14,19, más a vitória virá em Nome do Senhor Jesus.


CONCLUSÃO:


Finalizamos aqui nosso estudo preparativo para libertações. Entendemos ser a natureza do assunto horripilante, porém para enfrentarmos os principados e potestades das trevas neste mundo. Temos que nos prepararmos melhor, além de estarmos revestido do poder do Senhor. Veja Ef 6.11. Finalmente, o meu desejo é que este assunto contribua de forma profícua a todos aqueles que o lerem.






BIBLIOLOGIA:


Bíblia de Estudo Pentecostal
Enciclopédia Bíblica Boyer
Dicionário Bíblico Universal Buckland
Dicionário Português Silveira Bueno
Revista Atos Set./Out. 1995 Vol. 10 n.º 5 de Ralph Mhoney,
Miss. Charles Haupt(África do Sul) e do
Ev. T.L. Osborn (Tulsa, Oklahoma, E.U.A.)






-14 -
 
Avalie este artigo:
(4 de 5)
15 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Marinho Vieira Rocha
Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
Nascido aos 18.06.l953 em Itamarandiba/MG formação secular 2º Grau, Administração de Empresas, no catolicismo ex-ministro da Eucaristia, evangélico convertido em maio de l980, batismo no Espirito Santo março de 1983, diaconato agosto de 1986, ao presbitério Stembro de 1990, e ao pastorado Dezembro d...
Membro desde abril de 2011
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: