Desde o surgimento do ser humano na terra, a humanidade pouco a pouco vem provocando modificações no meio em que habita.

Em principio tais modificações eram praticamente imperceptíveis, entretanto ao longo dos tempos, e principalmente após a revolução industrial, as transformações se acentuaram gerando os que chamamos de poluentes ambientais, quais são decorrentes da produção e má administração de resíduos.

Sem sombra de duvidas que o tratamento destinado a disposição final dos resíduos produzidos eram precários o que, atualmente, resulta em grandes áreas contaminadas em todo o planeta, afetando assim a saúde publica, bem como a biodiversidade.

A contaminação dos solos e águas através de substancias poluentes – traz muitos malefícios ao homem e ao meio ambiente – é preocupação presente e crescente desde o século XX.

Temos que a biodiversidade é uma das propriedades fundamentais da natureza e vem sendo seriamente comprometida com tais poluentes.

Felizmente, nas ultimas décadas inúmeras tecnologias vem sendo desenvolvidas na tentativa de remediar as contaminações oriundas da poluição ambiental, sendo assim uma das alternativas para recuperar áreas impactadas e ainda promover a biodegradação de poluentes.

Revisado por Editor do Webartigos.com