Planejamento e avaliação na educação infantil dentro do palnejamento socio-interacionista
 
Planejamento e avaliação na educação infantil dentro do palnejamento socio-interacionista
 


Planejamento e avaliação na educação infantil dentro do pensamento sócio-interacionista um tema muito discutido entre os profissionais de educação infantil, tem como objetivo  conceituar planejamento de ensino e avaliação, verificando a sua importância na organização do trabalho docente para o sucesso do processo de ensino e aprendizagem na educação infantil na linha de pensamento sócio-interacionista. O ato de planejar faz parte da realidade humana, na educação infantil não é diferente, para uma atividade sistemática, para uma organização da situação de aprendizagem ela necessita evidentemente de um planejamento muito sério não se pode improvisar a educação seja qual for o seu nível, e um bom planejamento começa com avaliação diagnóstica, esta também tem sido um problema, pois a dificuldade de avaliar na educação infantil é grande. Assim apresentaremos as dificuldades enfrentadas, a importância e os elementos essenciais necessários para o bom desenvolvimento do planejar e avaliar no processo educativo, e também a contribuição de alguns teóricos que descrevem o processo de aprendizagem sócio-interacionista. Este estudo foi montado através de pesquisa bibliográfico e pesquisa de campo realizada em uma escola particular de educação infantil sócio-interacionista. Para Vygotsky a aprendizagem se dá através da interação com o meio, na zona de desenvolvimento proximal, cabe ao profissional mediar essa aprendizagem executando corretamente sua função de planejar e avaliar.
Planejamento é o principal instrumento de trabalho de um professor sem ele eu diria que é impossivel exercer corretamente a função que nos é confiada, a de educar, o planejamento por melhor que seja não garante por si a aprendizagem mas é um guia que organiza, que direciona que articula a atividade, porém não podemos esquecer que é muito importante que este planejamento seja flexivel, que possa ser mudado de acordo com a realidade da turma ou de cada aluno. O planejamento principalmente na linha socio-interacionista deve começar com a avaliação por isso não pode ser desvinculado da mesma, esta avaliação é diagnóstica que tem a função de identificar eventuais problemas problemas de aprendizagens suas possiveis causas, numa tentativa de sana-los, e também identificar a zona de desenvolvimento proximal que segundo Vygotsky seria a distância entre o desenvolvimento real de uma criança e aquilo que ela tem o potencial de aprender. Para então partimos de um poto que direciona nosso planejamento. Observamos nesta pesquisa que a principal dificuldade em realizar um planejamento socio-interacionista é saber como funciona o mecanismo de aprendiagem nesta linha de pensamento, quanto ao planejar houve um concenso de sua importancia e necessidade. Em se tratando de avaliação a maioria das educadoras desenvolvem a proposta da escola sem entender plenamente o seu significado e importância, tornando assim mera constatação de aprendizagem , deixando de usar esse rico instrumento para reflexão reformulação e melhoria do ensino-aprendizagem. Acredito que os objetivos traçados no inicio desta pesquisa foram alcançados, atravéz deste podemos conhecer um pouco mais sobre planejamento e avaliação dentro do pensamento sociointeracionista , as principais dificuldades enfrentadas pelas educadoras diante destes. Esperamos que esta pesquisa seja mais uma contribuição acerca deste tema.

 
Download do artigo
Avalie este artigo:
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: