PCP - SISTEMAS DE PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO
 
PCP - SISTEMAS DE PLANEJAMENTO DA PRODUÇÃO
 


PCP – sistemas de planejamento da produção

INTRODUÇÃO

Neste texto irei explanar o que é o PCP, sua importância para a organização, seus objetivos, demonstrando porque este é um sistema totalmente eficaz para os recursos produtivos.Serão apresentadas as suas funções básicas, seu conceito e limitações à tarefa de planejamento e controle.

 Fundamentação teórica

Os sistemas de Planejamento e Controle de Produção existem para planejar e controlar o processo de manufatura. Eles são responsáveis pelos recursos produtivos como pessoas, equipamentos, materiais, espaço de armazenagem, entre outros. É através do PCP que a organização garante que suas decisões operacionais sobre o que, quando, quanto e com o que produzir e comprar sejam adequados as suas necessidades estratégicas. Ainda, o PCP é a ferramenta que da as informações para as tomadas de decisões.

Algumas das funções básicas de um sistema PCP são:

a)      Planejar a aquisição de materiais comprados: Quanto e quando os materiais devem chegar;

b)      Planejar níveis apropriados de estoques: Para que peças não fiquem inutilizadas e muito menos obsoletas.

c)      Programar atividades de produção: Planejar as atividades, saber designar o funcionário correto para operar a maquina correta.

d)     Ser capaz de saber sobre a situação corrente: Saber o que esta acontecendo na produção, para poder comunicar-se com clientes e fornecedores de forma rápida e eficaz.

e)      Ser capaz de reagir eficazmente: Dominar o processo produtivo a fim de programar e reprogramar a produção rapidamente quando necessário.

Algumas limitações à tarefa de planejamento e controle podem surgir e isto esta fora do alcance de inúmeras organizações, como por exemplo, se surgir um problema em um sistema hidráulico de uma grande indústria de tecidos, o problema pode sim ser resolvido em poucas horas com o engajamento de muitos profissionais, mas o custo disto talvez não valesse a pena para a indústria e deve ser levado em consideração.

Abaixo segue algumas limitações que podem ocorrer:

a)      Limitações de custo: Conforme já citado, deve ser levado em consideração se o custo vale a pena para a organização antes de tudo.

b)      Limitações de capacidade: Maquinas e funcionários têm seus limites e capacidades pré-estabelecidos.

c)      Limitações de tempo: Os produtos devem ser produzidos para cumprir prazos, caso contrario talvez nem devam ser produzidos.

 CONSIDERAÇÕES FINAIS

Após a conclusão deste estudo, podemos ver que o uso do PCP deve ser estudado e analisado muito antes de ser implantado, pois há muitos quesitos que devem ser levados em consideração. Porém se usado de forma correta, cautelosa e inteligente é um forte aliado das organizações pois dará ótimos resultados.

Fontes de Pesquisa

ARAUJO, Tatiana; CAPELLI, Andressa. Introdução ao PCP. Porto Alegre, 2013/1

 

 
Avalie este artigo:
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Izabela Zilli
Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)

Membro desde maio de 2013
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: