O seminarista
 
O seminarista
 


Resumo da obra

GUIMARÂES Bernardo. O SEMINARISTA. são Paulo. Ed.: Martin Claret. 2008. p. 21-172.

Por Daniel

O seminarista

Autor: Bernardo Guimarães

O romance retrata a historia de Eugenio, uma criança que estava predestinada por seus pais a ser Padre. Através da vida do personagem, o autor faz criticas ao celibato clerical e a imposição vocacional. A obra dividiremos em três partes: primeiro, os momentos antecedentes a ida ao seminário; segundo, a vida no seminário; terceiro, a vida após a ordenação.

Os momentos antecessores a ida ao seminário, é marcado pela afabilidade entre Eugenio e margarida, afilhada dos seus pais. Seus pais tinham interesse em colocá-lo no seminário, pois viam nele inclinação para a vida clerical, já que ele demonstrava zelo pelas praticas devocionais. Por isso, é enviado ao seminário a fim de estudar as leis humanas e divinas.

A vida no seminário foi marcada por crises profundas, pois percebeu que amava margarida e que ser padre não era sua vocação, porem resolveu se refugiar nas orações, nos estudos e nas atividades da casa. Por assumir com o corpo todas as praticas estabelecidas pelo seminário, era bem visto pelos formadores, embora o seu espírito não estivesse em paz. Um episódio marcará sua vida no seminário, a descoberta de um poema feita por ele para margarida.

Ele passou a ser visto pelo reitor com indiferença. Impuseram-lhe inúmeras penitencias a fim de que tirasse de si aquele forte desejo que o consumia. Passados quatro anos, seus pais enviaram uma carta recomendando ao reitor que liberassem o jovem para passar as férias em casa.

Sua permanência em casa complicou ainda mais a situação, pois descobrira que margarida também o amava porem, percebeu que esse amor não era fraterno, que une os irmãos e os amigos, mas, carnal que une homem e mulher. Ao perceber sua aproximação com margarida, seus pais o proíbem de freqüentar a casa dela, já que ela era moça e ele um jovem seminarista, por isso apressam seu retorno para o seminário.

De volta ao seminário suas crises continuam porem, passado um tempo ele permanece mais calmo, demonstrando sinais exteriores de que almejava ser padre, embora seu coração estivesse voltado para a sua amada, a fim de darem a cartada final dizem a ele que margarida havia se casado, isso provoca nele fúrias excessivas contra margarida.

Ao ser ordenado padre, volta para sua terra e lá é chamado para confessar uma jovem que estava enferma, para surpresa dele a jovem era margarida e pior ainda descobrira que ela nunca fora casada, tudo não passava de uma mentira criada pelos seus pais, com o objetivo de os separá. Não a confessa, porem arrepende-se e retorna a sua casa no dia seguinte.

Chegado o dia de domingo dirigi-se a igreja e lá teve uma grande surpresa, ele foi convidado a fazer a encomendação do corpo de uma jovem que estava no interior da igreja, ao ver o corpo se estremeceu, pois era o corpo de margarida. Insatisfeito refugiou-se na sacristia e lá se paramenta para celebrar a missa. Na assembléia estavam seus amigos e familiares, ao se aproximar do altar, retira suas vestes e sai da igreja.
 
Avalie este artigo:
1 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Daniel Leite Da Silva Justino
Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
Graduado em filosofia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Cajazeiras- FAFIC. Bacharelando em Teologia pela Pontifícia universidade Católica de Minas Gerais. Seminarista da Diocese de Patos-PB. mande surgestões a fim de melhorar meus artigos: daniel_leite16@yahoo.com.br
Membro desde janeiro de 2011
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: