Festa da Dedicação
 
Festa da Dedicação
 


S. JOÃO cap.10 vers.22

Celebrava-se então a festa da dedicação. E era inverno.

Encontrando este texto no livro de João, vi me perguntando o porque desta declaração.Eu entendo que nada na bíblia está lá por acaso, mas tudo que lemos na palavra de Deus deve ter um ensino prático para nossas vidas.
Então qual o motivo do autor citar esta festa? e mais, qual a razão para dizer que era inverno?
Vamos fazer uma visão do contexto histórico de Israel, desde a dominação dos gregos em 333 a.C, até o período dos Macabeus em 169 a.C. Nesta época o atual governante, Antíoco IV Epífanes, consagrou o templo á Zeus, deus olímpico, quem tinha posse do torá sofria a pena de morte, e animais impuros (como o porco) passaram a ser sacrificados no altar do templo ao deus pagão.Os gregos implantaram um sistema escravagista, a terra não era mais de propriedade da família judaica, mas pertencia a grandes proprietários, os camponeses judaicos tornaram-se escravos, simples meios de produção, a vida passou a ter o centro não mais na aldeia, mas na cidade onde vigorava o comércio e a lei do lucro. Houve saque no templo, a implantação do culto grego atingiu a vida dos sacerdotes e dos piedosos, tanto da cidade como do interior.
Em 167 a.C explodiu a revolta dos Macabeus, uma família sacerdotal do interior, que convenceram os piedosos e os camponeses a lutarem contra as idéias de Antíoco IV, e conseguiram juntas a libertação do regime escravagista, e a liberdade de culto.
Este ato é lembrado até hoje como a festa da dedicação ou festival de Hanukkah.
Olhando para este contexto, percebi que a bíblia traz certas lições para nossas vidas que podem estar escondidas em simples frases ou declarações, mas que compõe um conjunto de lições práticas para nossas vidas.Vejamos.

1- fazer festa é fácil e gostoso.
Todo mundo adora fazer festa. As pessoas tem prazer em ir a festas, e ninguém chega em uma festa de rosto triste, todo mundo está sorrindo.

2- Difícil é fazer festa no inverno.
Você já parou para pensar que nós não nos acostumamos com o inverno?
Podemos até nos adaptar com ele mas nunca será gostoso passar frio, você não verá alguém de bermuda e camiseta no frio intenso, até os esquimós que são naturais das regiões gélidas, só vivem muito bem agasalhados com peles de animais porque não se acostumaram mesmo morando lá.Uma vez Pedro, discípulo de Jesus, teve a capacidade de se aliar as pessoas que condenavam Jesus, por causa do frio, ele preferiu o comodismo da fogueira (S. João 18:12 á 27).
Os judeus estavam passando por uma situação muito difícil na vida, e haviam se adaptado á condição de escravos, porém não se acostumaram com isso, era necessário reagir.Em nossas vidas não é diferente.Todos nós já passamos por situações que desejamos não passar nunca mais, já tivemos tantos problemas que o que mais queremos é esquecê-los e não lembrar mais.

3- Três tipos de inverno.
Crises financeiras:
Um dos maiores problemas da atualidade tem sido a falta de recursos financeiros em todas as áreas.Do mesmo modo que o desempregado paupérrimo se suicida por não ter um trabalho para que possa alimentar sua família, o alto executivo se suicida por não ter conseguido manter seu grande negócio á todo vapor.Nossa situação econômica é cruel e impiedosa com todas as camadas da sociedade.De repente nos achamos sem chão em baixo de nossos pés, vemos que todas as articulações que fizemos só serviram para piorar ainda mais a situação, então começamos a viver de maneira incômoda, as noites em claro começam a ser sucessivas, e cada dia parece trazer consigo centímetros a mais para o fundo do poço.

Crises sentimentais:
Outro inverno que parece engolir a sociedade, são as crises sentimentais.Toda a humanidade vive em prol de sentimentos.Desde pequenos aprendemos a amar o pai, a mãe, os irmãos etc., enquanto crescemos amamos nossos amigos e professores, então chegamos na juventude e precisamos novamente de alguém para amar.Infelizmente nos nossos dias temos tido sérios problemas com nossos sentimentos.Parece que aquela palavra com quatro letras anda cada vez mais esquecida, as pessoas não se amam, mas se suportam.Você já se perguntou qual o verdadeiro motivo de seu casamento estar em pé? será amor? será medo de perder a segurança do lar? será medo de sofrer rejeição dos filhos? a maioria das pessoas recém casadas que conheço estão tendo algum tipo de dificuldade em suas relações.Um dos grandes segredos do casamento se chama tolerância, mas a mídia tem espalhado a idéia de "tolerância zero"dizendo de uma forma muito simples que se não der certo, basta ir ao cartório mais próximo; é mais fácil do que devolver um produto com defeito de fabricação.

Crises existenciais:
Essa é a grande conseqüência de todos os problemas que enfrentamos em todas as áreas.
Existem pessoas que maldizem diariamente de si mesmas, e quem vive ao lado dessas pessoas já se acostumou com o ? falatório "e acha isso muito normal, a melancolia faz parte de sua vida, e tudo que acontece na sua vida de algum modo ela acha que vai lhe fazer mal. Existem também pessoas que são vítima do acaso, reclamam que nunca tiveram oportunidades, o mundo todo está de compro contra ela, e não tem nenhuma perspectiva construtiva para o futuro.Há um terceiro grupo que parece não fazer parte do mundo atual, são pessoas que transmitem uma grande segurança,e que jamais imaginaríamos estas pessoas com os rostos tristes ou reclamando da vida, seu sorriso parece ser verdadeiro e original, e quase nunca falam aos outros sobre si mesmas, porém lutam até o limite do seu interior para resolver suas questões sem incomodar as pessoas que os rodeia.
Independentemente do tipo de pessoas que somos, todos nós passamos por crises existenciais, passamos pelo inverno sem saber como enfrentá-lo, temos dificuldades em nos aceitar porque achamos que fracassamos, e chegamos ao cúmulo de achar que não compensa tentar novamente, melhor seria que o corpo tombasse e a alma procurasse seu lugar, talvez, um lugar mais seguro.

4- Adaptando-se ao frio.
O ser humano tem muita facilidade em adaptar a sua vida quando ela está em ascensão, é muito fácil nos acostumar com sucesso e fartura. Mas quando chega o inverno, ficamos como crianças que se perdem dos pais em um grande auditório, e o pavor de nunca mais ser achado toma conta de nós.Lembro-me que certa vez uma garotinha perdeu seus pais no centro de cidade, e ficou várias horas perdida.Quando foi encontrada estava calma e tranqüila brincando.Ao se refazer do susto seu pai perguntou o que ela faria se fosse realmente perdida, no que ela respondeu com muita naturalidade:
-Eu acharia um telefone, e ligaria para o senhor papai.
Nós não temos a mesma atitude, não aprendemos a perder, e quando o pior acontece estamos despreparados para enfrentar o frio. Precisamos entender que situações difíceis fazem e sempre farão parte das nossas vidas, assim, precisamos nos adaptar a elas, ainda que por um breve período apenas para nos recompor. Também é necessário saber que
"se adaptar, não é se acostumar", existem pessoas que se acostumaram tanto com situações negativas, que perderam o senso de luta, não querem mais lutar, tudo está bom como está. No novo testamento vemos Jesus dizendo aos discípulos as seguintes palavras: o que faço agora não entendes, mas entenderás depois.Existem muitas coisas ocultas ao nosso entendimento, talvez a perda atual, será a causa do sucesso futuro.
Se estamos tendo dificuldades financeiras, será que não é hora de rever onde estamos gastando nosso dinheiro ? é realmente necessário o que estamos adquirindo ? será que podemos viver sem isso ou aquilo ? As maiorias das pessoas vão notar que muitas coisas podem ser substituídas, e podem muito bem viver sem outras.
Na vida sentimental ao invés de tirar, é preciso somar, é necessário apostar muito alto e acreditar que é um bom investimento, não de dinheiro, mas de dedicação. Existem pessoas que amam seu conjugue, mas só se dão conta disso no final da relação. O casal perde muito quando tenta achar culpa um no outro.Achar a culpa e servi-la em um prato frio, não fará seu casamento melhor, mas se você conseguir focar detalhes que possam mudar a visão e opinião do seu conjugue sobre você, e adaptá-los para sua vida diária pode se ter ótimos resultados.

5- Fazendo festa de dedicação.
Você pode estar dizendo porque não abordei a crise existencial no tópico anterior.Porque é justamente fazendo festa de dedicação que vencemos as crises existenciais.Um dos grandes problemas desse mal é a falta de fé em Deus.O homem deve acreditar em Deus através de Jesus acima de todas as coisas, mas se ele não acreditar que Deus pode agir, Deus não agirá.Uma vez Deus levou Ezequiel em visão há um vale de ossos, e
"perguntou para Ezequiel" se aqueles ossos poderiam ter vida (Ez.37:3).Agora qual a necessidade do Deus todo poderosos perguntar á um pobre mortal se ele acreditava ou não no milagre ? Eu aprendo aqui que Deus não vai agir se nós não acreditarmos e não tivermos fé, temos que determinar em nome Dele sobre o vale de ossos.Ser dedicado é ser devoto e agradecido, é fazer uma dedicatória no meio de um inverno intenso, por uma primavera que se aproxima.Logo você verá a tempestade passar, as formigas voltarem ao trabalho, as flores voltarem á desabrochar e a alegria voltar a te entusiasmar para voltar ás ruas, aos bosques, ás praças, ou melhor, voltar á vida.

Por Ageu Gomes
 
Avalie este artigo:
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Ageu Gomes
Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
Ageu Gomes é casado com Valéria Elias, nos ultimos 7 anos tem trabalhado na área social com o Projeto Semear, e com Jovens da AD Madureira em Cosmópolis-SP. Atualmente tem se dedicado na pregação expositiva da palavra de Deus, e em palestras específicas para jovens e adolescentes. www.ageugo...
Membro desde agosto de 2010
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: