FAMÍLIA CAVALCANTI
 
FAMÍLIA CAVALCANTI
 


Cavalcanti era uma família de magnatas de origem italiana (Florença) que em meados do século XVI chegou a Portugal, vindo de Espanha. Um Filipe Cavalcanti, que terá passado a Portugal cerca de 1535, posteriormente atravessou o oceano e fixou-se em Pernambuco, no Brasil, aí casando com D. Catarina de Albuquerque, filha bastarda de Jerônimo de Albuquerque e neta de Lopo de Albuquerque, deles provindo 11 filhos, os quais foram se casando e deram origem a uma das maiores famí¬lias brasileiras: a família Albuquerque. A mais antiga referência documental sobre Felipe Cavalcanti data de 1559, quando do seu pedido de uma Cruz ao rei de Portugal para divulger a fé católica. Foi novamente documentado em 1578, em correspondência do viajante Fellippo Sassetti, escrita em Lisboa, para Baccio Valori, em Florença. Seu pai, o referido Giovanni, comerciante com atuação em Inglaterra, recebeu mercê de Carta de Brasão de Armas, passada por Henrique VIII, Rei da Inglaterra, na qual consta ser de Florença, da família Cavalcanti e sua esposa, Ginevra Manelli, de uma família recém-nobilitada (Arquivo de Florença. Gilson Nazareth e Dalmiro Buys).
A família Cavalcanti, nesta cidade de Florença, como também a família Manelli, aparece com nobresa porque alcançaram em sucessivos tempos todas as honras e dignidades e serviram aos supremos magistrados, trazendo as armas próprias de suas famílias, a maneira dos patricios florentinos, distintas em seus campos e cores, conhecidas como abaixo se podem ver, viveram como outros mais luzidos fidalgo de sua pátria.
Giovanni de Cavalcanti, pai de Felipe de Cavalcanti, o qual vivendo nesta cidade em tempos passados, casou com a dama Genebra de Manelli, de quem teve de legitimo matrimonio esse Felipe de Cavalcanti, o qual, não degenerando de seus pais, viveu no reino de Portugal, com as mesmas famílias e seus descendentes, de famílias muito nobres que manda selar com o selo pendente de armas, certificando a sua nobresa; e além disso deseja que lhe faça com muita honra. Filipe Cavalcanti, o fidalgo "Florentino pernambucano", deixou numerosa e importante descendência, onze filhos de sua união com Catarina de Albuquerque, "a Velha",em 1538, em Olinda, Pernambuco, até 1614, filha de Jerônimo de Albuquerque. No sertão de Pernambuco há Cavalcanti em todas as cidades surgidas a partir de formação de fazenda de religião católica, principalmente em Olinda, Petrolina, Belém do São Francisco, Cabrobó, Santa Maria da Boa Vista, Salgueiro e Bodocó.


 
Avalie este artigo:
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Djalmira Sá Almeida
Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
Djalmira é pernambucana de Terra Nova- Pe. Aprendeu as primeiras letras na Fazenda Surubim. Estudou em Parnamirim - Pe de 1962 a 1972. Mudou-se para o Paraná aos 16 anos. Formou-se em Letras/Anglo em Cascavel-Pr. Possui Especialização, Mestrado e Doutorado em Filologia e Linguística de Língua Por...
Membro desde junho de 2008
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: