É PRECISO EVANGELIZAR
 
É PRECISO EVANGELIZAR
 




COMO EVANGELIZAR:

-.- Por que se deve evangelizar?

R=É imperioso divulgarmos Aquele em quem temos crido e que é Poderoso para nos perdoar pecados. Porque cremos na sua Palavra, que Ele é o único caminho que leva o homem para perto de Deus O Criador. (1 Coríntios 9.16)

-.- Jesus sendo Deus precisaria de nós para que Ele manifeste seu Poder?

R= Os anjos quiseram efetuar esta tarefa, mas Deus não permitiu, pois designou homens passíveis de imperfeições para que outros imperfeitos possam perceber suas fragilidades e reconheçam que necessitam de adorar à Ele como Senhor e não somente como p Deus que concede Amor, que também mais que nunca, os homens percebam sua Justiça e voltem-se para o arrependimento dos seus erros. (1 Pedro 1.12)

-.- Como Deus se faz ser conhecido?

R= Pela sua Palavra.

Sua vontade está expressa em palavras as quais fazem o homem se ver pecador. Instigando-o à rever seus conceitos de vida, repensando suas atitudes perante os céus e perante seus semelhantes. (João 7.14)

-.- ATOS 10...42 à 43 Jesus nos mandou anunciar o evangelho ao povo e testemunhar que ele foi posto por Deus como Juiz dos vivos e dos mortos.
Todos os profetas falaram a respeito de Jesus, dizendo que os que crêem nele recebem, por meio dele, o perdão dos pecados.

Se JESUS não ressuscitasse dentre os mortos, teriam os homens acreditado que Ele foi diferente dos demais homens? ? Provavelmente não. A ressurreição FOI A DIFERÊNÇA, e isso é que devemos falar aos que desconhecem: Ele é o ÚNICO CAMINHO entre Deus e nós homens comuns.

-.- ATOS 10.41 : Pedro falava aos outros judeus em Jerusalém que Deus havia escolhido somente algumas pessoas para que testificassem que Jesus havia estado com eles após a ressurreição. 41 Ele não foi visto por todo o povo, mas somente por nós, que somos as testemunhas que Deus já havia escolhido. Nós comemos e bebemos com ele depois que Deus o ressuscitou.

-.- O apóstolo Paulo falou em 1º Coríntios 1.17 à 21 ... LER.., nós homens fomos instruídos em falar do amor de Deus, mas ainda é da atribuição do maior e melhor Evangelista fazer seu papel que é de convencer o homem do pecado e principalmente do juízo de Deus.

-.- Não devemos sair por aí recitando a Bíblia como se todos os nossos ouvintes soubessem sobre o seu conteúdo.

R= É necessário reconhecer o momento, o lugar e tempo correto de falarmos sobre o peso da Palavra que carregamos e divulgamos. Sendo a Palavra de Deus um tesouro, não daremos estas pérolas aos porcos, como sendo algo sem valor. Deus teve paciência por cada um de nós, não sejamos apressados em fazer uma pessoa entender de uma vez só o seu conteúdo espiritual, necessário à salvação da alma de todo homem.

-.- Deus permite que os homens lancem mão de alguns métodos e sistemas que façam o semelhante refletir :

R= a) MÉTODO DIRETO ? b) MÉTODO INDIRETO ? c) MÉTODO DE LITERATURAS.

a) MÉTODO DIRETO: (João 4.16 à 19)

- Primeiramente deve o evangelizador perceber quem é a pessoa que ele está desejoso de evangelizar, Jesus sabia quem era aquela samaritana à beira daquele poço em Sicar, no caminho de Jerusalém, e do conhecimento que sabia sobre ela, instigou-a à rever sua vida e sua conduta pessoal.

- À isso, deve o evangelizador procurar saber se a pessoa que ele irá falar do amor de Deus, se ela já foi ou se é conhecedora, qual o grau de conhecimento e envolvimento com a Palavra de Deus. Se um dia já tenha aceito o nome de Jesus como caminho de Salvação.

- Instigá-la à rever seus conceitos de doutrinas sobre a salvação, para que perceba se precisa alterá-los, se sua vida está tudo bem com Deus, revendo assim, se ela está com sua saúde física e espiritual em dia perante a Vontade de Deus.

- O que ela precisará abrir mão e rejeitar para que Deus se faça presente em sua vida?

b) MÉTODO INDIRETO : (João 4.28 à 30)

- Jesus instigou-a a rever sua vida usando daquele momento para que Ele pudesse ser conhecido dos que eram conhecidos daquela mulher. Ocasião em que ela chamou todos para que O conhecessem também.

- O Espírito Santo nos concede oportunidades que geralmente são únicas de fazer a Graça de Deus ser revelada, dependendo das necessidades pelas quais nosso ouvinte passa e que nós desconhecemos. DEUS sabe de todas as nossas necessidades, como também sabe o momento de que se utilizará dos seus escolhidos em levar a Boa Nova que transforma.

- Por isso a necessidade de meditarmos e aprendermos constantemente da Palavra Sagrada, para que no momento certo Ele, o Espírito Santo, nos traga à mente o que haveremos de mencionar. É obra d?Ele.

- Discursos eruditos (palavras cheias de floreios) dificilmente farão um pecador de se ver no pecado ( a simplicidade do evangelho sim ). Recitar a bíblia aleatóriamente, dificilmente convencerá um pecador, mas algo da parte de Deus, trará ao coração daquele necessitado, o desejo em mudar sua vida (ocasionando a conversão de trajetória).

c) MÉTODO DA DISTRIBUIÇÃO DE LITERATURAS: (Dt. 30.10 e Jo 5.47):

- Deus sempre se utilizou de escritos para fazer com que sua Vontade fosse respeitada, e Ele mesmo redigiu escrevendo os 10 mandamentos. Desejoso que os homens pudessem obedecê-Lo.

- Teve também aquele escrito na parede, e aquele rei foi pesado na balança, pelos seus desatinos.

- Dessa forma os homens tem procurado transmitir a sua Vontade em forma de mensagens quer de momentos quer de necessidades humanas pelas quais a humanidade possa estar passando.

Como exemplo disso:

a)-Mensagens s/ o natal, onde a humanidade não veja a Jesus como instrumento de comércio, mas possa vê-Lo como a criança nascida com propósito de redimir o pecador do mundo das trevas.

b)-Mensagens s/ a Pátria, mostrando que está proposta uma Pátria Celeste, onde nenhum governo escravizará ninguém, onde o governo será exercido por Aquele que nasceu humilde e foi rejeitado pelos homens que cuspiram, açoitaram, ridicularizaram e após rasgarem suas vestes, perfuraram-No no madeiro com o objetivo de menosprezar seus feitos, os quais arrastavam multidões pelas ruas e morros daqueles lugares. Matando inclusiva a fome de muitos com seus milagres especiais.

c)-Mensagens sobre calamidades, mostrando que Deus ainda é o mesmo da época bíblica, o mesmo Deus que exterminou cidades e pessoas por andarem na contra-mão do seu desejo, inclusive, um dia se arrependeu de haver criado nós homens desobedientes. É o mesmo Deus, e a corrupção humana é a mesma desde aqueles tempos: desobediência e o desejo carnal, humano e muitas vezes animalesco de voltar-se contra o seu Senhorio.

- NÃO DEVEMOS SER AFOITOS EM TRANSMITIR DA PALAVRA DE DEUS
(Romanos 15.4 e 5):

-.- Marcar um encontro com nosso ouvinte, sabendo que sempre será Deus que o despertará para ouvir da sua Palavra.

-.- Procurar falar com mansidão e temperança para que sejamos ouvidos.

-.- As pessoas tem dificuldades em aceitar nossa pregação, eis que aquele que ainda desconhece, é por causa do pecado que o cega ao entendimento da Luz que lhe chega.

-.- Falar com sabedoria, com discernimento espiritual, para que o conhecimento humano seja anulado. O poder que convence é o Poder da Palavra e não da sabedoria humana.

-.- Após conversar compartilhando sobre as Sagradas Escrituras, procurar orar e desejar marcar um outro dia para que se dê continuação sobre o tema SALVAÇÃO, sempre respeitando o desejo da pessoa ou sua disposição de ouvir sobre a Vontade de Deus.

-.- Falar sempre com convicção e respeito, e o Espírito Santo se encarregará da obra.

-.- Procurar evitar entrar em contendas religiosas e argumentos denominacionais.

-.- Procurar evitar entrar em confronto religioso com outros já congregantes de Igrejas.

-.- Nunca enfocar a sua placa de Igreja, pois a bandeira do evangelista é a Palavra de Deus como Boas Novas de Salvação e nunca uma organização religiosa, por mais aparente que ela seja como denominação.

-.- Jesus é o Caminho e a Verdade que dá Vida e ninguém vai ao Seu Pai senão for por Ele.

A SUA FÉ e a SUA POSTURA PODE SER a DIFERÊNÇA. Seja diferente !

-.- Demonstrar, quer por testemunho, quer por palavras que todo aquele que vence a barreira que nos distancia de Deus, recebe o perdão de seus pecados, dos quais Deus nunca mais fará menção.

O que faz isto acontecer? A NOSSA FÉ !

-.- Falar sempre que sem fé é impossível agradar a Deus. E que sempre haverá necessidade de que aqueles que chegam ao conhecimento da Verdade, devam reconhecer que Jesus Cristo ressuscitado, é Nosso Deus e tem o desejo em tornar-se Senhor deles também.

-.- Que o nosso ouvinte entenda que pela Graça (Amor) de Deus é que somos salvos, razão d?Ele enviar seu Único Filho, Jesus Cristo, para morrer por todos os pecadores, mas infelizmente o nosso inimigo tem feito com que o homem fique cego (pecado) para estas coisas, ocasionando o distaciamento do homem(criatura) para com Deus O Criador.

-.- Lembrado que Jesus sempre está à falar: - Eis que estou batendo à porta de cada coração, se abrir este coração, farei morada e limpeza (pecados) da casa, aproximando novamente o homem para com Seu Pai.

-.- Esta é razão maior de Jesus ter morrido. Aceitá-Lo é o que Deus espera e conta conosco para que se faça conhecido.

-.- Muitos se perdem porque ainda há homens que não se dispõem em ir ANUNCIAR o seu Senhor (Isaías 6:8 Depois disto, ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Disse eu: eis-me aqui, envia-me a mim).

-Valdir Carvalho ? Cascavel-Pr, 06.6.2011
 
Avalie este artigo:
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Valdir Carvalho
Talvez você goste destes artigos também