Discurso de Formatura - Comunicação Social / Publicidade e Propaganda
 
Discurso de Formatura - Comunicação Social / Publicidade e Propaganda
 


Boa noite Srs. Membros da Mesa, mestres, homenageados, amigos e familiares que vieram esta noite testemunhar o início de um novo ciclo em nossas vidas. Em nome da nossa turma de formandos, aqui carinhosamente denominada "Marianne Hartmann" o nosso muito obrigado pela contribuição determinante de cada um dos presentes.

Á Profª Marianne, justificamos esta homenagem pela sua dedicação e carinho sem descuidar do profissionalismo ao transmitir os ensinamentos que hoje também fazem parte da nossa formação acadêmica. O nosso muito obrigado aos nossos mestres.

Aos nossos familiares, agradecemos por depositarem a confiança e o incentivo necessário, mais saibam, para nós, a instituição família se traduz em nosso verdadeiro alicerce, aliado a fé em Deus. Este momento é de todos vocês também.
Olhamos para este canudo que guarda o diploma tão desejado, e buscamos os momentos que fizeram parte da nossa trajetória acadêmica. Formação coroada hoje, mas construída com muito esforço desde a prova do vestibular até a disposição e coragem para encarar o departamento financeiro da UNIME.
- Boa noite! Aqui é o 1º semestre de Comunicação?
Perguntávamos como bons calouros já memorizando novas fisionomias, nomes e novas histórias de vida que se encontrariam com as nossas. Era calouro que não acabava mais, passávamos de 60, hoje somos apenas 19, muitos ficaram no caminho e muitos nos prestigiam aqui da platéia aguardando ansiosamente estar do lado de cá, lendo um discurso, como o "TETA DE VACAS".
No início era tudo alegria! As viagens filosóficas do professor Marcos DAQUI as contestações de Théo DALI, viagem para a cidade de Cachoeira. Mas aí chegou a hora da prova de REALIDADE I, e quem iria imaginar que aquela jovem senhora, simpática, amorosa, um docinho de côco, fosse tão marcante... MISERICÓRDIA!!! As suas aulas descontraídas quase sempre em tom de bate-papo em pouco lembravam o clima de ansiedade que eram as suas avaliações, nada de cópia! Interprete os seus conhecimentos sobre o tema!!! Porém, alguns mais criativos, digamos assim, desenvolveram um método: Pesquisa Extra Solicitada do Conhecimento Aplicável, vulgo; PESCA.
E Nide, fez, com certeza, doutorado para detectar tal "Pesquisa".
Nesses últimos anos tivemos a oportunidade de conviver e conhecer pessoas e personalidades diversas. É... Apesar desses rostinhos lindos não somos santos, temos aqui em nosso meio artístico até uma cover da Maria Betânia, não é Manú? é impossível não falar de Muller de Indio "Tupy" e o Juiz Cidival.
E o nosso maluco, é um cara beleza, heim Manoel? Tivemos até uma garota propaganda, Larissa, que respira e inspira Central seja no Carnaval ou no período sazonal. No time dos tímidos temos promissores redatores ou até escritores, com destaque para Berg e Gisele. Mas também temos o grupo das pequenas notáveis; Tainá e Ritinha, donas de uma personalidade firme e transparente. O amor divino também está presente, né Débora Cristina? As gargalhadas marcantes têm um forte sotaque paulista, pode rir Talita.
Mas em todos os grupos tem que existir os que não deixam de reivindicar na hora certa, por direito e convicção, e quando nos sentimos prejudicados dispensamos advogados e a OAB que nos desculpem, mas temos defensores do porte de Márcio (que está formando na próxima turma) Tainá, Vivian, Virginia e Geisa. O companheirismo e a dedicação são marcas da originalidade de Renata, Cléa, Daniele e Naiara.
Voltando à formalidade da solenidade...
Muitos dos nossos convidados aqui presentes, já questionaram a real função ou uso prático da comunicação social em nosso cotidiano, especialmente no mercado profissional. Assim como a nomenclatura denuncia, assumimos oficialmente a partir desta data, o título de comunicólogos com o objetivo de estudar, desenvolver, adequar e aplicar uma comunicação eficiente e adequada aos objetivos exigidos.

A partir de hoje nos apresentamos oficialmente ao Mercado. Muito prazer, mas não somos apenas uma leva de especialistas em comunicação, não somos apenas novos publicitários, não somos mais um grupo de críticos na arte de comunicar, não viemos para criar novas perspectivas e estratégias de estimulação ao consumismo desenfreado (estudamos Milton Santos, obrigado Profª Tacila), somos, parte de uma aldeia globalizada, sedentos por interagir com o meio e com as massas, sonhamos o que podemos ter, somos o que quisermos ser, somos partículas indispensáveis, mas também dependentes de novos conhecimentos.

A comunicação está em todos os momentos das nossas vidas, aliás, desde a nossa existência no útero materno já fazíamos uso de uma comunicação própria e desenvolvida por instinto. Nós, inclusive os nossos convidados, somos responsáveis pela nossa forma de comunicar, a mesma em que demonstramos através das apresentações pessoais, sejam elas de expressão facial, de estilo ou através do nosso repertório, enfim, temos uma estratégia de comunicação própria.

Entendemos que se faz necessário registrar a importância da experiência adquirida através do senso comum, pois, acreditamos que de pouco vale o que aprendemos nas salas de aula senão observarmos as lições da sabedoria popular. Quantos de nós já ouvimos dos nossos pais e avós aquele conselho para curar uma dor de estômago? "meu filho tome aquele chá", e o resultado? É certo!!! Eles são capazes de determinar até o tempo para cessar a dor.

Da nossa convivência também podemos extrair experiências que servirão para toda uma vida. Desta forma contribuiremos para uma sociedade menos desigual e mais humana, menos materialista e ainda mais tolerante, sobretudo com as diferenças, já que muitos de nós ainda revelamos preconceitos que não combinam com a nossa missão enquanto cidadãos e profissionais.
Sim, senhoras e senhores, sabemos que entre o discurso e a prática existe um "grand canyon", mas é a partir das palavras ditas que poderemos refletir acerca do nosso presente e futuro, e sem esquecer das lições do passado.

E ainda falando em senso comum, trouxemos um questionamento popular. Por que quase tudo que gera estresse começa com "T"??? tipo... TPM, Trânsito, Telemarketing (sem desmerecer a importância comentar) e o famigerado, porém, indispensável e enriquecedor TCC... muitos dos nossos convidados já passaram por esta fase ou ao menos ouviram falar desta sigla que nos remete a uma série de sentimentos... e o que significa TCC??? Alguns preferem chamar de... Técnicas para Capacitar um Comunicólogo, eu prefiro a singela definição... Trabalho no Campo de Concentração, mas, os nossos mestres nos ensinaram que TCC é um Trabalho de Conclusão de Curso e mais que isso, é uma prova que nos coloca á prova dos nossos limites, e vence quem os supera, e nós, senhoras e senhores, somos um time de desbravadores de limites, somos mais que vencedores!!!

Não podemos esquecer que todo o time precisa de um bom técnico (não nos referimos a campanha eleitoral), de orientadores e preparadores capacitados, e Deus colocou em nossos caminhos pessoas dotadas não apenas de conhecimento acadêmico, mas também dotados de sensibilidade humana, muita paciência e amor ao sacerdócio que é a educação, especialmente quando se trata de uma turma de adultos plural e diversa como a nossa.

Paraninfa Profª Nelly, apesar da breve convivência que tivemos, reconhecemos em você uma bela figura humana, não só por sua beleza física, mas especialmente espiritual, e o mais importante é que apesar dos contratempos diversos que fazem parte do show, você conquistou a nossa confiança, o nosso carinho. Pessoalmente, levarei comigo as diversas demonstrações de incentivo que concedeu a mim e aos meus colegas para vencermos as adversidades.

Profª Malú, a sua gana por fazer o melhor, o seu sacerdócio latente, e o seu desprendimento em admitir quando falha são as principais lições aprendidas em sala de aula que poderemos levar para aplicarmos em nossas vidas.

Prof. Rafael, (citar nominalmente todos os homenageados), a dedicação e o respeito que dispensaram a todos nós, justificam as homenagens a que fazem jus neste momento. Aos nossos diretores e funcionários das Faculdades UNIME o nosso muito obrigado. Rogo á Deus, proteção, sabedoria, humildade, saúde e muita disposição para trabalharmos e bem desempenharmos o nosso novo papel na sociedade com mais afinco e disposição, pois, já dizia Platão:
"A coisa mais indispensável a um homem é reconhecer o uso que deve fazer do seu próprio conhecimento."

"Sejamos bem vindos a um novo mundo em que tudo é modificável e nada está pronto. Sejamos bem vindos ao mundo que hoje vale por dois amanhãs e seja lá o que quisermos fazer, criar, transformar, reinventar, o importante é que façamos logo, sem medo, mas observando e respeitando as críticas. Encontremos um vazio e preenchamos, deixemos as nossas marcas indeléveis. Usemos as nossas energias naturais. Tudo está em nossas mãos e mentes, agora é com agente. Aproveitemos que o mundo não está pronto, vamos nos divertir realizando, questionemos divertindo-se, transformemos surfando na imaginação das nossas praias, reciclemos os nossos medos, reavaliemos os nossos preconceitos e desbravemos novas fronteiras, façamos o mundo mudar, vamos "Publicitarizar", transformemos sempre o nosso mundo num novo mundo."

Muito Obrigado !!!


YURI VALÉRIO DE SOUSA CARVALHO ? Orador
CLAUDINE ALMEIDA MOTA ? Oradora

Turma de Formandos (2010.1)
Comunicação Social com Ênfase em Publicidade e Propaganda ? Faculdades UNIME
Teatro Diplomata - 07.10.2010
 
Avalie este artigo:
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
Graduado em Comunicação com ênfase em Publicidade e Propaganda. Faculdades UNIME Lauro de Freitas - Bahia
Membro desde outubro de 2010
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: