Pai, perdoa todos aqueles

Que não tendo tempo pra ti

Não param para sentir

Tua presença de amor.

Não desfrutam da comunhão,

Pois incapazes de ouvir

O vibrar do coração

Que genuflexo em clamor

Reverbera uma oração.

 

Pai, perdoa os sem tempo

Que não reservam momento

Para elevar uma prece.

Não são capazes da calma,

Do ouvir a doce voz d?alma,

Que neste mundo padece.

Apenas na noite infinda:

Bem-vinda a paz e o abandono

Da oração para o sono.

 

Que balbucia este ser

Cansado de um dia árduo

Trazendo ainda seu fardo

Não sabe o que vai fazer?

Se nem ao menos oração

Este pobre e triste coração

Não consegue concatenar...

Da oração para o sono

É alguém que vive sem dono

Não aprendeu a te amar.

 

Mas se este ser inquieto

Deixar por Deus ser desperto

Buscando uma vida sã.

Será livre do peso do corpo

Deixará de ser alguém morto

Perdido em jornada tão vã.

E da oração para o sono

Fará a ponte pro sonho

De ter um novo amanhã.

 

 

Revisado por Editor do Webartigos.com