CONHECENDO UM POUCO A HISTÓRIA DO BANCO DO BRASIL
 
CONHECENDO UM POUCO A HISTÓRIA DO BANCO DO BRASIL
 


CONHECENDO UM POUCO A HISTÓRIA DO BANCO DO BRASIL :

1808  A família Real Portuguesa se instala no Brasil. Com duração de 20 anos, o objetivo era de promover a indústria nacional por em ação a contagem estagnada, e estimular a combinação dos capitais isolados; a esse prazo o B. B. se dissolveria ou se constituíria novamente, claro se o governo assim desejasse; O capital iniciau foi de 1.200 contos de réis, dividido em 1.200 ações de um conto de réis cada uma podendo ser aumentada por meio de novas ações.

1810  O meio circulante do país era exclusivamente metálico e as cédulas do Banco do Brasil foram as primeiras a circular no mundo português. A Fazenda Real, entrou como acionista principal, cobrando impostos atrasados e atuais, abriu mão durante 5 anos de qualquer lucro de ações. Através desta ação o capital do banco se consolidou.

1821  D. João VI e a corte retornam a Portugal levando os fundos do B.B.

1829  O Banco do Brasil é liquídado por lei, o excesso de emissões de títulos e a falta de administração competente foram as principais causas do fechamento do banco.

1851  Visconde de Mauá funda um Banco do Brasil particular, autorizada pelo governo.

1854  O diretório do banco determina a abertura do concurso para o cargo de escriturário.

1892  O Banco do Brasil se funde com o Banco da República dos Estados Unidos e passa a se chamar Banco da República do Brasil.

1905  O Banco da República do Brasil é liquídado e transformado por meio de mudança na composiçaõ acionária, no Banco do Brasil S.A.; o início da terceira e atual fase jurídica de empresa. O governo ingressa como acionista marjoritário do capital, o que reforça o seu poder de interferência nas assembléias gerais.

1986  Marca início de um longo processo em que o Banco do Brasil deixava de ser instituição com características

monetária para conviver com a dualidade de ser ao mesmo tempo uma empresa pública competidora no mercado financeiro.

E nos dia de hoje o enganjamento do Banco do Brasil o tornou uma empresa sustentável e com princípios de responsabilidade sócio ambiental, um projeto visto também como uma estrátegia negocial a fim de impulsionar o desenvolvimento sustentável das regiões onde o B.B. está presente.

O que é administração financeira:

É a disciplina que trata dos assuntos relacionados a administração das finanças de empresas e organizações, esta diretamente ligado a administração, ecônomica e ciências contábeis. Primeiramente, deve-se compreender e entender o sentido e o significado de finanças que, corresponde ao conjunto de recursos disponíveis circulantes em espécie que serão usados em transações e negócios com transferência e circulação de dinheiro. Sendo que há necessidade de se analisar a fim de se ter exposto a real situação econômica dos fundos da empresa, com relação aos seus bens e direitos garantidos.

Analisando-se apuradamente verifica-se que as finanças fazem parte do cotidiano, no controle dos recursos para compras e aquisições, tal como no gerenciamento e própria existência da empresa nas suas respectivas áreas, seja no marketing, produção, contabilidade e, principalmente na administração geral de nível tático, gerencial e estratégico em que se toma dados e informações financeiras para a tomada de decisão na condução da empresa.

A administração financeira é uma ferramenta ou técnica utilizada para controlar da forma mais eficaz possível, no que diz respeito à concessão de credito para clientes, planejamento, análise de investimentos e, de meios viáveis para a obtenção de recursos para financiar operações e atividades da empresa, visando sempre o desenvolvimento, evitando gastos desnecessários, desperdícios, observando os melhores caminhos para a condução financeira da empresa.

FUNÇÕES DE UM GERENTE ADMINISTRATIVO BANCÁRIO

Razão Social: Banco do Brasil S.A.

Ramo de atividade: Instituição financeira.

Tempo de atividade: 200 anos.

Responsável pelo setor financeiro do banco: Antonio Cesar André

Tempo de casa: 11 anos.

Responsabilidades do setor financeiro:

Receita financeira do banco como, linhas de descontos de títulos, desconto de cheques emitidos em grandes quantidades, financiamento de bens, negociar taxas de juros nas operações de empréstimos e outras negociações, tendo sempre presente a necessidade de manutenção de receita para produzir o resultado esperado da agência, levando-se em conta a atuação dos bancos concorrentes visando ao mesmo tempo não perder receita ( alta redução de taxas); como também não elevar demasiadamente tais taxas de forma que o cliente procure outros bancos.

Quantidade de funcionários do setor e suas responsabilidades:

Bem a agência do Banco do Brasil têm seus setores nomeados para certas funções, porém somos uma equipe com obrigações minímas de ter conhecimento no setor de Pessoa Fisíca e Pessoa Jurídica,devido a eventuais situações um funcionário cobre o outro, finalizando somos 18 funcionários.

A tesouraria da agência é responsável em fazer a folha de despesas da agência; como água, força, telefone, materiais de escritório, manutenção dos equipamentos, entre outros serviços. Feito essa tarefa a chefe do setor de tesouraria descreve um relatório de receitas e despesas, que deverá ser apresentado na central de contas do Banco do Brasil, principalmente porque o banco é uma instituição privada e pública devendo prestar contas aos dois tipos de entidades.

Algumas funções desenvolvidas pelo responsavél do setor:

Negociar taxas de juros;

Estudar orçamentos bancários;

Como gerente é também um papel muito importante:

Mostrar aos seus clientes a rentabilidade de outras aplicações;

Ourocap: título em capitalização com renda variável;

BrasilPrev: plano de previdência privada, onde o cliente escolhe um tipo de contratação de serviço e forma como irá recebe-lo, este tipo de plano também tem renda variável.

 
Avalie este artigo:
(1 de 5)
21 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Fabiane Martim
Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
O mu·dø d± vøBg±s Vivo a vida cada Km/ por vez sem medo de olhar o que deixe pra traz, na memória guardo apenas os bons momentos, no coração levo apenas pessoas especiais... Não tenho medo de lutar pelo que quero e não dessisto diante dos desafios, porém mantenho os pés no chão ...
Membro desde março de 2009
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: