Como são feitas as pesquisas eleitorais?
 
Como são feitas as pesquisas eleitorais?
 


Os eleitores do Brasil elegem o presidente da república, governadores, senadores e deputados estaduais e federais. Antes mesmo de a campanha começar oficialmente, os institutos de pesquisa já divulgam a tendência de voto da população. Mas como funcionam as pesquisas eleitorais? Como os institutos entrevistam duas ou três mil pessoas e sabem em quem 126 milhões de eleitores vão votar?
O segredo não está somente na quantidade de pessoas entrevistadas, mas na qualidade da amostra. Claro que deve haver um número significativo de eleitores entrevistados. Uma grande empresa não pode fazer uma pesquisa com apenas 10 de seus funcionários. Mas de nada adianta ter uma quantidade elevada se sua amostra não for bem feita. Acompanhe o raciocínio: Uma vez definido o número de entrevistados (amostra), este deverá ser dividido igualmente por todas as regiões do país. No caso da amostra "eleitores do Brasil", dividiríamos em regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e Norte. Em seguida, escolheríamos eleitores em todas as camadas socioeconômicas em cada região na mesma proporção, isto é, grau de escolaridade, renda, idade, etc. Assim, evitam-se amostragens tendenciosas que não apontam a realidade do país. Após a etapa de entrevistas, passa-se à contagem das intenções de votos; tendo o total geral dos eleitores entrevistados, e o número de votos para cada candidato, através do cálculo chamado de extrapolação, determina-se a porcentagem que cabe a cada um.
Importante lembrar o papel do estatístico na avaliação dos dados. Se, por exemplo, em uma amostra sobre o tipo de leite mais consumido pelas crianças, 98% consomem o do tipo A, pode ser um indício de que sua amostra não foi bem feita, exigindo um novo trabalho. Essa avaliação é feita pelo profissional da estatística.

Esteja atento às eleições e vote com consciência.
O Brasil agradece!

Instituto Monitor
http://www.institutomonitor.com.br
 
Avalie este artigo:
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Instituto Monitor
Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
Escola Pioneira no Ensino à distância.
Membro desde maio de 2011
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: