Brinquedoteca na educação infantil
 
Brinquedoteca na educação infantil
 


Palavras-Chave: Afetividade. Criatividade. Intelectual

O que é brincar
Segundo Kishimito (1994), "Os termos de jogo e brincadeira tem sido utilizados a linguagem popular com o mesmo significado".
Brincar é tão importante quanto estudar, ajuda a esquecer de momentos difíceis. Quando brincamos conseguimos, sem muito esforço, encontrar respostas a várias dificuldades de aprendizagem, bem como interagimos com nossos semelhantes. As crianças que tem oportunidade de brincar estarão mais preparadas emocionalmente para controlar suas atitudes e emoções dentro do contexto.
1. A importância da brinquedoteca:
A brinquedoteca tem um efeito positivo no processo aprendizado dentro de um ambiente especialmente lúdico e prazeroso. As brinquedotecas inicialmente foram criadas para o empréstimo de brinquedos e evoluíram conforme as necessidades da sua comunidade que a criou e estas características estão relacionadas ao sistema educacional, valores culturais e aspectos econômicos e sociais, esse espaço se caracteriza pela existência de um conjunto de brinquedos ao alcance das crianças na qual possibilitam a ludicidade individual e coletiva, permitindo que ela construa seu conhecimento próprio.
A brinquedoteca tem como apoio pedagógico a brinquedista, com formação pedagógica necessária para compreender o desenvolvimento da criança, utilizando procedimentos de pesquisa para manter-se sempre atualizada e disposta para descobrir brinquedos, novos jogos e brincadeiras. È importante que a criança tenha um tempo livre, sem atividades agendadas, no qual possa escolher o que quer fazer. Inventar coisas, jogar, conviver com amigos sem um objetivo estabelecido pelo adulto.
A Brinquedoteca precisa ser um local extremamente lúdico, pois não é só escolher uma sala com paredes coloridas e com amontoado de brinquedos. É necessário um espaço lúdico, mágico, levando a criança a se sentir bem, com vontade de brincar e voltar outras vezes. Porque brincar é essencial à saúde mental, emocional, física e intelectual do ser humano.
2. Conceito de Brinquedoteca

De acordo com Santos (1997):
A brinquedoteca é um espaço que oferece condições para a formação da personalidade e é onde são cultivadas a criatividade e a sensibilidade. Na brinquedoteca, as crianças são livres para descobrir novos conceitos realiza experiências, criar seus próprios significados ao invés de apenas assimilarem significados criados por outros indivíduos.
A brinquedoteca é um espaço de Ensino e Aprendizagem, preparado para estimular a criança brincar, respeitando-se a sua individualidade de criar e aprender. A criança tem acesso a uma grande variedade de brinquedos, dentro de um ambiente especialmente lúdico e prazeroso. Na verdade seria um lugar onde tudo convida a explorar, sentir, experimentar, transformar e criar, dentro de um ambiente que proporciona alegria, desenvolve a afetividade, em meio à magia da espontaneidade.
Portanto, as atividades desenvolvidas na brinquedoteca são caracterizadas num trabalho multidisciplinar com enfoque pedagógico de acordo com as experiências vivenciadas no seu contexto familiar e social. Os profissionais e o ambiente devem objetivar um espaço de discussão, reflexão, análise e investigação do valor do brincar e do brinquedo no desenvolvimento do pensamento.
Segundo Nylse Helena da Silva Cunha (2001): É um espaço preparado para estimular a criança a brincar, possibilitando o acesso a uma grande variedade de brinquedos, dentro de um ambiente lúdico, onde tudo leva a explorar, a sentir, a experimentar.
A criação da Brinquedoteca
A Associação Brasileira de Brinquedotecas (ABB) conceitua brinquedotecas como espaços mágicos destinados ao brincar das crianças e alerta para o fato de que não podem ser confundidas com um conjunto de brinquedos ou depósito de crianças, pois a criação de uma brinquedoteca está sempre ligada a objetivos específicos tais como sociais, terapêuticos, educacionais, lazer.
Seu papel é desenvolver atividades lúdicas e a valorização do ato de brincar, independentemente do tipo de brinquedoteca e do lugar onde está instalada, seja num bairro, numa escola, num hospital, numa clínica ou numa universidade.
Para Cunha (1997):
Uma brinquedoteca deve possibilitar a convivência natural das crianças com jogos e brincadeiras resgatando a capacidade de brincar e a capacidade de concentração, dando oportunidades para que a criança aprenda a jogar, a participar de grupos e atividades lúdicas proporcionando acesso a um número maior de brinquedos, de experiências e de descobertas.
De acordo com Santos (1997), "A brinquedoteca é sempre um lugar prazeroso, onde os jogos, brinquedos e brincadeiras fazem à magia do ambiente".

Resumo Bibliográfico
KISHIMITO, Tizuko Morchida. Jogo, Brincadeira e a Educação. São Paulo. Cortez, 2000. 4ª ed.
SANTOS, Santa Marli Pires dos. Brinquedoteca: a criança, o adulto e o lúdico. Rio de Janeiro: Petrópolis. Vozes, 2000.
CUNHA, Nylse Helena Silva. Brinquedoteca: Um mergulho no brincar. São Paulo. Cortez, 2001.3ª ed.

Claudiane Amorim da Cruz, Pedagoga, atualmente é professora na E.E. Leovegildo de Melo e na Escola Municipal Octayde Jorge da Silva em Cuiabá/Mt, Email [email protected]
 
Avalie este artigo:
(2 de 5)
6 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
Pedagoga, atualmente professora de Ensino Fundamental I, Email [email protected]
Membro desde abril de 2011
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: