As Grandes Potências Mundiais
 
As Grandes Potências Mundiais
 


Desde o início dos tempos houve Guerras, por poder, posse de terras, ganância por fortunas, tesouros de ouro, e prata, passando de geração em geração.

Mesmo nos dias de hoje presenciamos tais fatos; governantes brigando pelo maldito poder , o causador de toda a destruição da vida, não só a vida humana mais também a vida Animal, Vegetal e Ambiental; sendo essa última a mais importante de todas elas, pois essa sim é a que gera todas as formas de sobrevivência das espécies que habitam o Planeta.

Mas o ser humano não teme uns aos outros, cada um tenta provar ser mais forte,capaz de tal ato, se iludem com seus supostos conhecimentos científicos, que dizem ter desenvolvido devido sua capacidade mental. Esses vendem suas teorias para os que pretendem tirar proveito de tal descoberta, fabricando assim armas potentes para tentarem intimidar seus adversários nessa Guerra de Poder. Tomando proveito disso constroem exércitos, milhares de seres humanos com uma mentalidade voltada à euforia de ter em mãos um pouco de poder, portando uma Arma, entra nessa de servi seu País, muitos por forma de sobrevivência. Ai sim, entra a ilimitada força da DESTRUIÇÃO; Homens matando Homens para servi seu País, fortalecendo uma aglomerada gleba, ao mesmo tempo enfraquecendo diversas vezes mais esse tamanho; pois ao destruir um território seja ele qual for o tamanho de sua dimensão outros mais se destroem.

Tais governantes deveriam não medir forças uns com os outros mais sim, unirem -se, conquistando todas as terras destruídas pelos seus antepassados. Já que diversos Países considerados como: GRANDES POTÊNCIAS MUNDIAS, outros com a maior tecnologia mundial, outros com maiores exércitos do mundo, e assim por diante. Porque não chegam a um consenso mundial?, Abrirem mãos do Poder de destruição e começarem uma GUERRA MUNDIAL; em reestruturação: do que ainda existe nesse Planeta, unindo forças, lutando de sol à sol, conquistando seu espaço, provando que são capazes não só de destruírem mas também de construírem ou reconstruírem o que já foi destruído .

 
Avalie este artigo:
(3 de 5)
27 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Jose Rochardson Rocha Mesquita
Talvez você goste destes artigos também