Artigo: A importância da Psicologia como ciência prática
 
Artigo: A importância da Psicologia como ciência prática
 


Artigo: A importância da Psicologia como ciência prática

Roberto Ramalho é jornalista, relações públicas, escritor e blogueiro

Em sua obra Diccionario de Psicologia, Eduardo Bruce conceituado professor da Universidad de las Américas - Escuela de Psicologia –, define Psicología como a Ciencia que estudia la actividad psíquica y el comportamiento de los organismos.

Todos devem saber e compreender que a Psicologia é uma ciência relevante em nossas vidas. O campo da psicologia em sua totalidade é bastante vasto e  expõe teorias, pesquisas e métodos, além de propor aos acadêmicos que compreendam como esses diversos elementos são interligados, terminando por constituir um conjunto integrado e conexo.

Os conteúdos e métodos desta ciência do comportamento são fundamentais. A Psicologia busca dar fundamentos biológicos e sociológicos para estruturar o processo comportamental.

Assuntos dos mais variados assuntos são tratados: percepção, motivação, emoção, aprendizagem, inteligência, etc. Se tematizam, ainda, conceito, teorias, ajustes e desajustes da personalidade.

A construção da Psicologia como ciência, desde seu ponto de partida na Alemanha, até sua expansão na América do Norte, tem como seus principais expoentes e apresenta os principais teóricos que sustentaram sua evolução, assim como o trajeto de sua solidificação no Brasil, Sigmund Freud, Carl Gustav Jung, entre outros.

A Psicologia como ciência, profissão, ensino e meio de promoção do bem-estar humano é uma realidade insofismável e incontestável. Realça o valor dos procedimentos científicos tanto na aquisição como na aplicação do conhecimento psicológico. 

A Psicologia apresenta o ser humano como capaz de ser agente e paciente. Para ela é reservada a opção de buscar a autorrealização do ser humano, sem descuidar dos limites que a realidade social, econômica e cultural impõem.

A experiência clínica dos profissionais envolvidos no processo de atendimento da Psicologia hospitalar contribui na abertura de novos caminhos e busca de novos conhecimentos.

De maneira didática, informativa e interventiva, a Psicologia aborda aspectos teórico-clínicos nas mais diversas facetas da instituição hospitalar, sem deixar de ressaltar a importância da multidisciplinaridade neste contexto.

A Psicologia proporciona abrangente visão das questões que envolvem os comportamentos que se afastam do socialmente aceito. Conceitos e análises, pautados por cuidadosa neutralidade, evidenciam a sólida experiência dos seus criadores.

As situações são apreciadas de maneira sensível, porém, sem paixões e radicalismos. Assim também são tratados os assuntos relacionados a dramas emocionais e conflitos que, invariavelmente, chegam ao Poder Judiciário.

Fundamentos da fisiologia dos fenômenos mentais precedem as principais teorias de psicologia e dessa convergência emerge uma percepção sistêmica do comportamento humano.

Um dos ramos da Psicologia, a Psicologia Social, dá ênfase ao impacto da interação social, da associação ao grupo e da estrutura social no comportamento social do indivíduo, além de tratar dos processos intrapsíquicos de cognição, atribuição e aprendizagem subjacentes ao comportamento social.

Os resultados de pesquisas empíricas e levantamentos e amostras de experimentos e observações apresentados no decorrer do tempo exemplificam esses processos.

Em sua obra “Fazer Psicologia”, Editora Casa do Psicólogo, 1ª Edição, 348 páginas, Monica Medeiros Kother Macedo afirma que a satisfação de concluir uma clínica-escola, constitui tarefa admirável e de grande valor, em razão de possibilitar a profissionais da área de saúde e, também, a acadêmicos construir uma visão mais integrada sobre os serviços ali prestados, sobretudo em relação às possibilidades de pesquisa, e a diversidade de linhas teóricas passíveis de serem abarcadas em um mesmo contexto.

A experiência a ser seguida pelos vários serviços-escola existentes no país, em face de oferecer um conhecimento cada vez mais apurado da variedade de experiências existentes, das características regionais e, por consequência, possibilitar um maior intercâmbio entre os serviços-escola e entre estes e o sistema de saúde, é bastante importante na vida do psicólogo, sobretudo depois que foram criados os CAPS (Centros de Atenção Psíquicos Sociais).

De William James a Abraham Maslow, passando por Freud e Chomsky, temos os Psicólogos que construíram e desenvolveram a Psicologia moderna.

Mas, o maior de todos os Psicólogos foi, sem nenhuma dúvida, Sigmund Freud, que é considerado por muitos o pai da psicologia. O médico austríaco dedicou-se à neurologia e tratou pacientes com distúrbios nervosos.

Ao observar suas sessões de análise com uma técnica inovadora chamada associação livre, Sigmund Freud conseguiu ter acesso à mente de seus pacientes e determinar a causa de suas ansiedades. Freud é mais conhecido em razão de suas teorias sobre o complexo de Édipo, a dinâmica do inconsciente e os conceitos de id, ego e superego.

Sites sobre Psicologia no Brasil e no mundo

Esses são alguns dos principais sites sobre Psicologia:

ABP

Site da Academia Brasileira de Psicologia. É uma entidade fundada por um grupo de psicólogos com a finalidade de pesquisar e desenvolver os estudos das ciências mentais.

AIP

Site da Academia Internacional de Psicologia, uma entidade de âmbito internacional. Tem por finalidade a pesquisa e a divulgação das ciências mentais.

ANPEPP

Aqui temos a página da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Psicologia. O objetivo dessa entidade é o de estimular a formação de profissionais para pesquisa e pós-graduação em Psicologia.

Banco de Teses e Dissertações da Universidade de Brasília

Esse Site possui um sistema de busca, que embora seja rudimentar, funciona.

Cliniweb

Esse Site é um banco de dados muito prático, apresentando mais de 10 mil sites sobre psicologia e ciência relacionada ao estudo da mente, indexados segundo o nome de transtornos mentais. Está disponibilizado em inglês.

ElsevierPsychology.com

Esse Site congrega diversas publicações de Psicologia, nas suas diversas vertentes. Disponibiliza gratuitamente apenas conteúdos denominados abstracts, sendo o acesso ao texto integral pago. Indispensável para pesquisadores. Está em inglês

FENPB

O FENPB é a sigla de Fórum de Entidades Nacionais da Psicologia Brasileira. Na prática essa entidade que representa uma associação das associações e ONGs da Psicologia brasileira, dentre as quais estão presentes a ABEP, o CFP, Fenapsi, entre outras.).

FENAPSI

Site da Federação Nacional dos Psicólogos.

Glossário de Saúde Mental

Glossário Geral de Neurociências e Saúde Mental da Universidade Aberta da Catalunha, na Espanha.

 

Periódicos CAPES

Aqui estão disponibilizados periódicos de diferentes áreas, incluindo psicologia, medicina, criminologia, ciências sociais, educação, serviço social, e leis. A base da CAPES possui mais de 1,5 milhões de itens. É preciso ter autorização para consultar a base.

Saber

Site mantido pela Universidade de São Paulo, que disponibiliza uma Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP.

 

 

 

 

 
Avalie este artigo:
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Roberto Jorge Ramalho Cavalcanti
Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
Formado em Direito em 1983, Relações Públicas em 1997, Jornalismo em 2008, pela Universidade Federal de Alagoas, exerci o cargo de Oficial de Controle Externo do Tribunal de Contas do Estado de Alagoas entre 1986 a 1996, exerci o cargo comissionado de Assistente administrativo lotado na Vigilân...
Membro desde agosto de 2009
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: