Análise dos sistemas táticos utilizados pelas seleções brasileiras de futebol campeãs mundiais

Análise dos sistemas táticos utilizados pelas seleções Brasileiras de Futebol campeãs Mundiais. 

Breno Ambrozio TEIXEIRA -1

Diogo Alves da PAIXAO -1

Orozimbo Rodrigues BELO Junior-1

Rodrigo Nestor de Souza LOPES-1

Paola Gonçalves de Almeida QUINTAO-2

 

RESUMO

 

O objetivo do presente estudo é de analisar os sistemas táticos utilizados pelas seleções Brasileiras de Futebol campeãs mundiais, também fazendo um apanhado geral da historia do futebol e historia das copas. Tendo a modalidade de Futebol de campo como foco principal, e estando ela diretamente relacionada ao fenômeno esportivo, partiu-se para o entendimento das mudanças que ocorreram nos sistemas de jogo com o passar dos anos. O sistema consiste em como distribuir os jogadores no terreno de jogo, para que possam ocupar de maneira racional todos os setores do campo. O sistema não deve ser modificado toda hora pelo treinador, mas ele deve ter táticas diferentes para utilizar em função de cada de adversário. As dimensões do campo e as mudanças nas regras foram os principais fatores que contribuíram para a evolução dos sistemas e táticas usadas no futebol. Os esquemas táticos vencedores nos mundiais são bem utilizados até hoje por todas as seleções e clubes, tem como seqüência em 1958 e 1962: o 4-2-4, em 1970: o 4-3-3, em 1994: o 4-4-2 e em 2002: o 3-5-2. 

(Palavra Chave: Futebol, Copa do Mundo e Sistema Tático) 

(1)- Graduados do Curso de Licenciaturaem Educação Físicada Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO);acadêmicos do curso de Bachareladoem Educação Físicada Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO). (2)- Docente da Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO)

 
Download do artigo
Revisado por Editor do Webartigos.com
Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)

Membro desde janeiro de 2012