Análise dos sistemas táticos utilizados pelas seleções brasileiras de futebol campeãs mundiais
 
Análise dos sistemas táticos utilizados pelas seleções brasileiras de futebol campeãs mundiais
 


Análise dos sistemas táticos utilizados pelas seleções Brasileiras de Futebol campeãs Mundiais. 

Breno Ambrozio TEIXEIRA -1

Diogo Alves da PAIXAO -1

Orozimbo Rodrigues BELO Junior-1

Rodrigo Nestor de Souza LOPES-1

Paola Gonçalves de Almeida QUINTAO-2

 

RESUMO

 

O objetivo do presente estudo é de analisar os sistemas táticos utilizados pelas seleções Brasileiras de Futebol campeãs mundiais, também fazendo um apanhado geral da historia do futebol e historia das copas. Tendo a modalidade de Futebol de campo como foco principal, e estando ela diretamente relacionada ao fenômeno esportivo, partiu-se para o entendimento das mudanças que ocorreram nos sistemas de jogo com o passar dos anos. O sistema consiste em como distribuir os jogadores no terreno de jogo, para que possam ocupar de maneira racional todos os setores do campo. O sistema não deve ser modificado toda hora pelo treinador, mas ele deve ter táticas diferentes para utilizar em função de cada de adversário. As dimensões do campo e as mudanças nas regras foram os principais fatores que contribuíram para a evolução dos sistemas e táticas usadas no futebol. Os esquemas táticos vencedores nos mundiais são bem utilizados até hoje por todas as seleções e clubes, tem como seqüência em 1958 e 1962: o 4-2-4, em 1970: o 4-3-3, em 1994: o 4-4-2 e em 2002: o 3-5-2. 

(Palavra Chave: Futebol, Copa do Mundo e Sistema Tático) 

(1)- Graduados do Curso de Licenciaturaem Educação Físicada Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO);acadêmicos do curso de Bachareladoem Educação Físicada Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO). (2)- Docente da Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO)

 
Download do artigo
Avalie este artigo:
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Talvez você goste destes artigos também