Aleitamento Materno: Os Benefícios à Lactante
 
Aleitamento Materno: Os Benefícios à Lactante
 


Faculdade de Quatro Marcos  FQM

Docente: Emerson Miler

Componente Curricular: Produção de Texto

Artigo

O aleitamento materno os benefícios à lactante

Marcela Bergamasco, acadêmica do 4º semestre de enfermagem da faculdade de Quatro Marcos  FQM.

Resumo: O aleitamento materno é de suma importância para o recém-nascido, e traz benefícios para a mãe como, satisfação e bem-estar. Este deve ser encorajado às mães, principalmente as de primeiro filho, já que não é instintivo como muitos pensam. Só recomenda não alimentar a criança quando a mãe possui alguma patologia que pode ser passada ao mesmo durante a mamada. É importante também conscientizar as gestantes a preparar a mama para o aleitamento, pois assim ela sentirá melhor e passará mais segurança a seu filho durante sua alimentação.

A Produção de Leite e seus Mitos

Existem vários mitos em relação ao leite materno. O mais comum é quando mães inexperientes alegam não ter leite o suficiente para a satisfação do recém-nascido, ou ainda que o leite seja fraco.

De acordo com Sônia Maria Oliveira de Barros em sua obra, enfermagem no ciclo gravídico-puerperal, o leite é produzido desde o 16º a 20º semana de gestação, conhecido como colostro que nos primeiros dias após o parto varia de 2 a 20 ml em cada mamada, num total de 50 a 100 ml/dia. No 4º dia, o volume de leite produzido se aproxima de 550 ml/dia, e a partir do 15º dia, o organismo passa a produzir o leite maduro e o seu volume varia de 850 a 1000 ml/dia. Contudo sempre que houver a sucção e o esvaziamento da mama, haverá produção de leite.

A Preparação da Mama

A assistência no aleitamento deve ser iniciada desde a gestação, orientando a gestante a pratica correta, identificar a experiência, crenças e atitudes damesma; assim como discutir formas incorretas, expondo também as vantagens para ela e para a família.

Donna I. Wong diz em sua obra Enfermagem Pediatra que o leite humano é a forma mais econômica de alimentação, pois ele esta sempre disponível, proto para ser servido á temperatura ambiente e isento de contaminação, que pode acarretar economias adicionais em relação a menor quantidade de consultas medicas. Pode se citado também o banho de sol nas mamas pela manha, entre as 8 e dez horas, ou á tarde após as dezesseis horas, por um período de 20 minutos com objetivo de aumentar a resistência da região mamilo-areolar.

Contra-indicação e Desvantagens no Aleitamento

Existem algumas patologias, em que não e recomenda o aleitamento materno devido a probabilidade da mãe contaminar o filho através do leite; algumas delas são vírus da hepatite C, tuberculose, citomegalovirus e HIV.

Provavelmente, a maior desvantagem para muitas mães é a perda da liberdade e da independência, pois são obrigados a alimentar seus filhos num intervalo que varia de 2 a 3 horas, principalmente as com múltiplas responsabilidades, eas decisões das mesma deverão ser respeitadas.

Ao aprofundarmos no assunto "o aleitamento materno e os benefícios a lactante" notamos que muitas mulheres têm medo de seu corpo não voltar ao que era antes da gravidez e assim acabam inserindo outros alimentos aos filhos antes dos seis meses, não sabendo que esta atitude prejudica ambos, pois no leite materno a criança encontra tudo o que necessita, e a mãe como simples ato de amamentar acaba se beneficiando também.

Referencias Bibliográficas

Barro, Sônia Maria Oliveira. Enfermagem no ciclo gravídico-puerperal. Barueri, SP;Manoel, 2006.

Stright, Bárbara R. Harrisson, Lee-Oliver. Enfermagem Materna e Neonatal. Rio de Janeiro, RJ. Guanabara Koogan 2º Ed,1997.

Wong, Donna L. Enfermagem Pediátrica. Rio de Janeiro, RJ. Guanabara Koogan, 5º Ed, 1997

 
Avalie este artigo:
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Talvez você goste destes artigos também
Sobre este autor(a)
Aleitamento Materno e os beneficios à lactente.
Membro desde dezembro de 2009
Facebook
Informativo Webartigos.com
Receba novidades do webartigos.com em seu
e-mail. Cadastre-se abaixo:
Nome:
E-mail: