RESUMO

A educação está em constante modificação, uma dela é a alteração das estruturas escolares, como a escola integral, outras, são a inclusão, ou seja, pessoas com necessidades educacionais especiais frequentando escolas regulares de ensino. Para se compreender melhor essas modificações é necessário uma reflexão sobre o projeto de concepção de escola integral, suas características, como a ampliação da permanência do educando na escola, estrutura e bibliografias afins. Pretende-se também analisar a perspectiva da inclusão na escola integral, verificando se existem as adequações necessárias e se a mesma está preparada para atender os portadores deficiências, principalmente a deficiência intelectual, que por sua vez, necessita de adaptações do currículo escolar. A inclusão requer que os servidores educacionais estejam preparados para ajustarem a proposta pedagógica as reais necessidades da clientela em questão, para isso faz-se necessário ajustes ao cotidiano do ambiente escolar, bem como das atividades escolares. A inclusão de estudantes com deficiência está baseada em uma perspectiva de educação para todos, buscando a qualidade de vida, através da utilização de estratégias diversificadas para cada tipo de necessidade.

Segundo a UNESCO na Declaração Mundial sobre educação para todos “ As necessidades básicas de aprendizagem das pessoas portadoras de deficiências requerem atenção especial. É preciso tomar medidas que garantam a igualdade de acesso à educação aos portadores de todo e qualquer tipo de deficiência, como parte integrante do sistema educativo.”

Pensar e efetivar a inclusão dentro do âmbito escolar, bem como nas demais instâncias, é uma questão atitudinal, para tanto se faz necessário reflexão e ação,  em todas as pessoas envolvidas no processo de ensino-aprendizagem do educando com necessidades educacionais especiais, ações essas que estejam pautadas na valorização das diferenças e na disseminação da consciência de respeito mediante os direitos de todos, garantindo não só o aceso, mas principalmente a permanência destes

Revisado por Editor do Webartigos.com