A EDUCAÇÃO ONTEM E HOJE
 
A EDUCAÇÃO ONTEM E HOJE
 


Pensar a educação de ontem é voltar a tempos não muito remotos.Onde professor era uma autoridade,estava acima de tudo e todos,ao aluno só lhe era permitido sentar corretamente,não olhar dos lados e ouvir,e em momento "adequado" demonstrar o que aprendeu nas avaliações ,sem permissão de cometer erros. Punicões eram frequentes tanto fisicas como psicológicas,e tudo isso com permissão dos pais.E ainda há quem fale hoje que eram tempos bons,pois o aluno aprendia e não mais se esquecia.Será que era verdade?Muitas vezes me faço essa pergunta e acabo chegando a respostas não muito animadoras,ou seja naquela época só se aprendia ou dizia que aprendeu através da decoréba. Havia sim um certo respeito ao professor mas não era natural, era imposto ou seja,respeitava ou era punido.O ambinte escolar era severo,de cores escuras e opressoras,professor na frente, no alto demonstrando superioridade e alunos sentados em fila,todos uniformizados,sem um fio de cabelo fora do lugar. O professor só tinha o quadro negro e os livros didáticos como ferramenta de trabalho,o tão falado,"quadro e giz".E tinha por obrigação vencer o livro didático.Com conteúdos pré-determinados pelo regime político vigente,estavamos em plena ditadura.Será que se aprendia ou fingia-se que havia aprendido. Hoje temos a nosso favor o mundo da tecnologia.O aluno em seu cotidiano tem contato com muitas informações e cabe ao professor filtrar essas informaçoes e utiliza-la no ambiente escolar.O planejamento escolar é flexível e pode e deve ser mudado quando houver necessidades,pode ser acrescentado ou excluído determinados conteúdos que se fizerem necessários. A escola se tornou um ambiente livre,onde pode e deve ser abordado qualquer assunto sem restrições políticas ou morais.É verdade que a familía se tornou ausente no ambiente escolar,dizem que foi culpa da mudança dos tempos.Mães que saem para trabalhar fora para ajudar no orçamento doméstico e muitas vezes, são chefes de familía.Hoje a escola se tornou um ambiente não só para ensinar,mais também para educar.Acabou assumindo o lugar da familía. Mas para a escola deve estar claro qual o seu papel,qual a sua função.Pois a escola tem como função formar cidadão com saberes indispensáveis para a sua inserção na sociedade.É preciso que a escola trabalhe com a realidade,com as tecnologias e etc. Que forme cidadãos que contribua ativamente da vida econômica e social do país.A escola deve levar o aluno a compreeder a realidade de que faz parte,situar-se nela,interpretá-la e contribuir para essa transformação. Por razões históricas, a escola sempre foi vista como um local para se aprender a ler, escrever e contar.Mas hoje a escola faz mais que isso.Mas a escola não pode fazer tudo sozinha,precisa de ajuda da comunidade escolar,do estado ou seja da sociedade em geral. A escola deve e precisa ser agradável e prazerosa, para que o processo ensino-aprendizagem aconteça,e para que isso seja possível professor, aluno e ambiente devem estar em sintonia. As aulas devem ser planejadas para chamar atenção do aluno,pois hoje muita pouca coisa é novidade para eles.Na era da internet as novidades circulam muito rapidamente,a algumas décadas passadas as notícias demoravam até meses para circularem. Hoje ter a atenção dos alunos é muito difícil,pois competimos com muitas coisas,rádio,tv,computadores,celulares com fone e etc. Professor deixou de ser o centro de tudo,passou a ser um mediador,e o aluno de mero expectador a colaborador,pois é a partir de seus conhecimentos prévios que a aprendizagem formal irá acontecer,e novos conceitos serão formados. Para nós educadores refletir sobre a forma de se ensinar ontem e hoje,é repensar a foma de se praticar educação.Pois são novos tempos,nova geração e é inadmissível pensar em educação como se fazia antes.
 
Avalie este artigo:
(2 de 5)
28 voto(s)
 
Revisado por Editor do Webartigos.com


Leia outros artigos de Kely Cristina
Talvez você goste destes artigos também